OUÇA AO VIVO

InícioSEGURANÇA PÚBLICADicas de como se proteger de golpes bancários

Dicas de como se proteger de golpes bancários

Imagem: Divulgação

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) intensifica suas ações de conscientização para prevenir golpes bancários, alertando a população sobre os perigos e oferecendo orientações essenciais. Confira as dicas para evitar prejuízos e se proteger de falsários:

1. Notifique Imediatamente o Banco:

Ao suspeitar de atividade fraudulenta, notifique imediatamente seu banco. Medidas adicionais de segurança, como o bloqueio do aplicativo e da senha de acesso, podem ser adotadas. Não hesite em fazer um boletim de ocorrência para documentar a situação.

2. Desconfie de Ligações Suspeitas:

Recebeu uma ligação suspeita? Desligue imediatamente. Pegue o número de telefone no cartão bancário e ligue de outro aparelho para verificar a autenticidade da situação. Os bancos nunca ligam solicitando senhas, números de cartão ou pedindo transferências.

- Continua após o anúncio -

3. Cuidado com Promessas Exageradas:

Desconfie de promessas vantajosas e jamais deposite dinheiro na conta de terceiros para “garantir o negócio”. Caso receba uma oferta atraente, peça que a proposta seja enviada por escrito. Verifique se corresponde às promessas verbais antes de tomar qualquer decisão.

Golpes em Evidência e Como Evitá-los:

1. Golpe do Falso Funcionário:

  • Evite fornecer dados pessoais por telefone.
  • Desligue e contate o banco pelos canais oficiais para confirmar a situação.

2. Golpe do 0800:

  • Não ligue para números recebidos via SMS.
  • Contate os canais oficiais do banco para esclarecimentos.

3. Golpe do Acesso Remoto:

  • Bancos não solicitam instalação de aplicativos para resolver problemas.
  • Evite clicar em links suspeitos em SMS, e-mails ou mensagens.

4. Golpe do Falso Brinde ou Presente:

  • Não aceite presentes inesperados sem verificar a fonte.
  • Passe seu próprio cartão na maquininha e confira o valor antes de digitar a senha.

5. Golpe de Engenharia Social com WhatsApp:

  • Tenha cuidado com exposição excessiva nas redes sociais.
  • Confira mudanças de número diretamente com a pessoa antes de realizar qualquer transação.

6. Golpe do Falso Leilão/Falsas Vendas:

  • Pesquise sobre empresas em sites de reclamação.
  • Nunca faça transações em sites sem cadeado de segurança ou para contas de pessoas físicas.

A vigilância e a comunicação direta com o banco são cruciais para se proteger de golpes. Esteja sempre alerta e adote práticas seguras para garantir a segurança de suas transações bancárias.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

141,000SeguidoresCurtir
71,800SeguidoresSeguir
56,300SeguidoresSeguir
12,500InscritosInscreva-se