Após ser contratado para assaltar casa, suspeito entra em luta com mulher e acaba detido em Chapecó

Outro homem também foi detido suspeito de encomendar o assalto


Uma tentativa de assalto em uma residência foi registrada na manhã desta sexta-feira (13), por volta das 9h, na rua Olavo Bilac, entre os bairros Jardim América e Parque das Palmeiras, em Chapecó (SC). Um homem invadiu o local para furtar dinheiro que havia na casa. Duas trabalhadoras estavam na residência no momento do crime e uma delas brigou com o suspeito, que foi detido com o auxílio de vizinhos. Outro homem também foi detido por suspeita de ter encomendado o assalto.

Segundo informações da PM, ao chegar na residência os policiais encontraram o suspeito, que havia sido detido. Mãe e filha, que trabalham na residência, contaram que o suspeito chegou ao local e informou que precisava fazer um reparo nas janelas. Uma das mulheres, desconfiada, ligou para o dono da casa para confirmar a informação. Neste momento, o suspeito passou pelo portão da casa e entrou em um dos quartos da residência, onde pegou duas caixas – uma tinha uma quantia de dinheiro e outra documentos.

A mulher começou a brigar com o suspeito, sendo que os dois ficaram com ferimentos causados por chutes, socos e mordidas. As vítimas ainda foram ameaçadas pelo homem, que disse que iria atirar contra elas. Vizinhos, que ouviram os gritos, ajudaram a conter o suspeito.

Para os policiais, o suspeito contou que havia sido contratado por outro homem- que ofereceu cerca de R$500 para ele realizar o crime. Esse homem o aguardava com um carro, em uma esquina. O suspeito de contratar o roubo, havia realizado a instalação de móveis na residência e tinha conhecimento que o morador possuía dinheiro no local.

Vizinhos viram um carro, que estava estacionado nas proximidades, deixar o local antes da chegada da PM. Os policiais realizaram rondas e encontraram o veículo na rua Manoel Rolim de Moura, no bairro São Pedro. O homem negou participação no crime e disse desconhecer o suspeito. Os dois, junto com as vítimas, foram encaminhados à Central de Plantão Policial para as providências.


Foto: PM/ClicRDC