Sobe para 17 o número de casos de dengue confirmados em Santa Catarina - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Sobe para 17 o número de casos de dengue confirmados em Santa Catarina

Segundo a Dive- SC, três casos foram confirmados em moradores de cidades do Oeste

*Informações Diário Catarinense

O número de casos confirmados de dengue em Santa Catarina subiu para 17, de acordo com o novo boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) na quinta-feira (28). Entre o dia 9 e o dia 23 de fevereiro, houve aumento de seis casos, sendo cinco contraídos fora do Estado. Em 2018, entre dezembro e fevereiro, haviam sido confirmados apenas quatro casos da doença no Estado.

Foto: Salmo Duarte / AN

De 30 de dezembro até agora já foram notificados 550 casos, fora os 17 confirmados, outros 314 estão descartados e 219 ainda estão sob investigação. Na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram notificados 471 casos, houve aumento de 17%. Do total de pessoas com a doença, nove foram infectadas dentro do Estado, com local de possível transmissão em Florianópolis (6) – moradores de Biguaçu, Florianópolis e São José – e em Itajaí (2) e Joinville (1).

Nos oito casos importados, o local de possível infecção, segundo a Dive, foi São Paulo, Acre, Goiás, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Nesses casos os pacientes são moradores de Blumenau, Florianópolis, Palmitos, Seara e Xanxerê.

Ainda de acordo com a Dive-SC, entre o fim de dezembro e o dia 23 de fevereiro, foram identificados 5,9 mil focos do mosquito Aedes aegypti em 142 municípios. Comparado ao mesmo período de 2018, quando foram identificados 3.578 focos em 111 municípios, houve um aumento de 66,2%. Ao todo, 77 cidades são consideradas infestadas.

Febre chikungunya

Entre dezembro do ano passado a 23 de fevereiro deste ano, foram notificados 94 casos de febre chikungunya em SC. Desses, um foi confirmado, 23 foram descartados e 70 permanecem como suspeitos. Em comparação com o último boletim, houve a confirmação de um caso importado, morador de Florianópolis, com local de provável infecção no Pará.

Na comparação com o mesmo período de 2018, quando foram notificados 82 casos, foi registrado aumento de 15% (94 casos notificados). Já referente aos casos positivos, no mesmo período do ano passado, havia sido confirmado três casos autóctones e três importados.

Zika vírus

Também entre dezembro e 23 de fevereiro, foram notificados 18 casos de zika vírus em SC, sendo que cinco foram descartados e 13 permanecem como suspeitos. Na comparação com o mesmo período de 2018, quando foram notificados 29 casos, houve redução de 38% (18 casos notificados).