Santa Catarina terá dia 'D' de vacinação contra a gripe no sábado - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

Santa Catarina terá dia ‘D’ de vacinação contra a gripe no sábado

Informações do G1/SC

Santa Catarina terá o dia “D” de vacinação contra a gripe A H1N1 no próximo sábado (4) nas unidades de saúde. Objetivo é estimular as pessoas a se imunizarem contra a doença. Desde o começo da campanha, em 10 de abril, somente 17,83% do público-alvo tomaram a dose no estado. O prazo encerra dia 31 de maio.

Conforme a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do estado (Dive-SC), a vacina é uma das formas mais eficazes para evitar casos graves e mortes provocadas pela gripe.

Em Santa Catarina, a meta é vacinar 90% do público-alvo, formado por 1.976.914 de pessoas dos chamados grupos prioritários:

  • crianças (6 meses a menores de 6 anos): 470.984;
  • gestantes: 71.524;
  • puérperas (até 45 dias após o parto): 11.752;
  • trabalhador da saúde: 134.793;
  • professores: 90.551;
  • povos indígenas: 10.998;
  • idosos com 60 anos ou mais de idade: 670.028;
  • população privada de liberdade e funcionários: 25.832;
  • portadores doenças crônicas e condições especiais: 490.452.

Foto: Erasmo Salomão/Ministério da Saúde

Para a campanha de vacinação de 2019, o estado recebeu 2.156.800 doses da vacina trivalente, que protege contra o vírus H1N1, H3N2 e vírus do tipo B. Crianças vacinadas pela primeira vez vão receber duas doses, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Gripe no estado

Até 24 de abril, foram registrados 247 casos suspeitos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG). Foram confirmados 13 para influenza, sendo 9 pelo vírus A H1N1, três pelo vírus A H3N2 e 1 aguarda análise de subtipagem.

Duas mortes foram confirmadas em 2019. Uma mulher de 79 anos morreu no último domingo (28) em Blumenau, no Vale do Itajaí, em decorrência de gripe A H1N1, conforme informações da secretaria de Saúde do município. Já em Tubarão, o paciente morto em 5 de março tinha 52 anos e era portador de diabetes.

Prevenção

Além da vacina, as seguintes medidas são recomendadas como preventivas contra a gripe: