Projeto da Celesc distribui placas solares para pacientes ligados a aparelhos 24h em Santa Catarina - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Projeto da Celesc distribui placas solares para pacientes ligados a aparelhos 24h em Santa Catarina

Iniciativa pretende reduzir o valor da fatura e garantir energia em casos de queda

Informações G1 SC

A partir do mês de setembro, um projeto piloto das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) fará a distribuição de placas solares para pessoas eletrodependentes (pacientes ligados a aparelhos 24h). No Estado, cerca de 2200 pessoas são eletrodependentes.

Raphaela, uma menina de 11 anos que nasceu com Síndrome de Moebius, uma paralisia dos nervos do rosto é uma das pessoas que é eletrodependentes. A menina precisa de cinco aparelhos no quarto. “Ela não consegue comer sozinha e às vezes nem respirar”, diz a mãe de Raphaela, Priscila Tomazzia de Souza.


Raphaela precisa de cinco aparelhos eletrônicos — Foto: NSC TV / Reprodução

A conta de luz na casa da família já chegou a ficar R$ 100 mais cara. O projeto piloto prevê uma economia de até 25% na fatura, cerca de R$ 30 a R$ 40 mais barato.

Ao todo 145 famílias receberão as placas, que têm um investimento de R$ 1 milhão. Atualmente técnicos estão avaliando como as placas serão instaladas nas residências e nos próximos meses a Celesc estará analisando o sistema para definir se será ampliado.

“Elas vão ser instaladas em alguma parte do terreno da residência de forma que os raios solares façam o maior número de geração possível pra casa”, conclui o técnico industrial da Celesc, Mário César Machado Junior.


Placas serão instaladas para 145 famílias — Foto: NSC TV / Reprodução