Coronavírus em Chapecó: Buligon aconselha idosos a ficarem em casa

Foto: ClicRDC

Na manhã deste sábado (21), o poder público de Chapecó (SC) realizou mais uma coletiva de imprensa para atualizar a situação do Coronavírus em Chapecó. Na ocasião, o prefeito Luciano Buligon foi questionado sobre a intensa movimentação de idosos caminhando por diversos bairros da cidade.  Buligon disse que “é indicado que ninguém saia de casa, principalmente os idosos que estão no grupo de risco”. Além disso, o prefeito disse ainda que “o coronavírus tem cura, e que as pessoas só se curam ficando em casa”. 

Na mesma fala, o prefeito foi questionado sobre o trabalho das agroindústrias que continua em Chapecó.  Conforme o prefeito, se a produção foi paralisada “em breve não teremos mais alimentos, como ovos, farinha, presuntos e carnes”.

Polícia Militar intensifica rondas 

Mais cedo, o Comandante da Polícia Militar de Chapecó, Coronel Ricardo Alves da Silva informou que, nas últimas horas, foi observado pelas guarnições que trabalham em rondas pela cidade a intensa movimentação de jovens aglomerados, pessoas fazendo exercício, almoços de família e rodas de chimarrão. Mais uma vez, a Polícia Militar pede para que as pessoas atendam as medidas do governo, e que é muito importante que a conscientização aconteça para evitar a disseminação do coronavírus.

Coronavírus em Chapecó

Na manhã deste sábado (21) também foi confirmado o segundo caso de covid-19 em Chapecó. O paciente, é um homem jovem, que não teve contato com a primeira paciente de coronavírus em Chapecó (SC). Em Chapecó 10 casos continuam com suspeita. Em Santa Catarina o número atualizado pelo Governador Carlos Moisés em coletiva de imprensa dá conta que Santa Catarina tem 361 casos suspeitos e 51 confirmados de coronavírus.