Brasil tem 1,6 milhão de casos de coronavírus e soma 64.867 mortes

Dos casos diagnosticados, 906.286 são considerados recuperados

Por Agência Brasil

Foto: Secretária da Saúde SP/Twitter

Boletim divulgado neste domingo (5) pelo Ministério da Saúde, registra que até o momento o Brasil tem 1.603.055 casos da covid-19. Desses, 64.867 casos resultaram em óbito, sendo 602 registrados nas últimas 24 horas. O número de pessoas recuperadas soma 906.286, o equivalente a 56,5% dos infectados.

São Paulo continua com o maior número de casos, 320.179; seguido pelo Ceará com 121.464, e pelo Rio de Janeiro, com 121.292. Em número de mortes, no entanto, o Rio de Janeiro, com 10.667, ultrapassa o Ceará, que teve 6.441 óbitos até o momento. Também nesse quesito, São Paulo registra o maior número, com 16.078 mortes.

Entre os estados com menos registros, o Mato Grosso do Sul é o de menor incidência, com 10.089 casos e 117 mortes. Tocantins, com 12.475 casos e 220 mortes, vem em seguida.

Apesar dos números nacionais, algumas cidades estudam a volta gradual da rotina. Na cidade de São Paulo, o prefeito Bruno Covas assinou os protocolos para reabertura dos setores de bares, restaurantes, estética e beleza na cidade.

No Rio de Janeiro, a reabertura de bares levou muita gente para a rua durante o primeiro dia de liberação. Na sexta-feira (3), após medidas punitivas, os estabelecimentos da cidade tomaram atitudes para diminuir as aglomerações. 

No Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha assinou decreto com o calendário de abertura de bares e escolas. O DF registra, até o momento, 57.854 casos diagnosticados e 699 mortes.

Santa Catarina

Em Santa Catarina, desde o início da pandemia, foram diagnosticados 32.969 casos de Covid-19. Em relação ao boletim divulgado no sábado (4), foram confirmados 1038 novos casos no estado. Do total de diagnosticados, 26.887 são considerados recuperados, isso representa 81% dos casos. Há ainda 5.689 pacientes que estão com o vírus ativo. Desde o início da pandemia, 393 mortes foram causadas pelo novo coronavírus. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,19%.