Edição 50

Confira a versão digital na íntegra

Edição 50 – Outubro 2019

Uma lembrança reconfortante que tenho da minha infância, é a dos passeios da nossa familia para procurar casas enfeitadas nas noites quentes de dezembro.
Sempre fui apaixonada pelas “luzinhas de natal”, coloridas, piscantes eram até mágicas.
Hoje, gosto de árvores muito enfeitadas e sempre bem iluminadas, pois para mim esse efeito continua mágico. Essa luz traduz muito do sentido e do espírito do Natal.
Desejo a você caro leitor, que essa luz brilhe forte, muito forte, que ela possa nos guiar, aquecer nosso coração e não nos deixar esquecer do sentido de amar e compartilhar. Que ela possa acender a chama da perseverança e da crença nas boas coisas.
Desejo de coração que sigamos abençoados por essa luz e que nos encontremos renovados em 2020, para mais um capitulo dessa aventura maravilhosa e desafiadora chamada Vida!
Boa leitura e até a próxima!

Luciana Lang