OUÇA AO VIVO

InícioPOLÍTICASegundo processo de impeachment de Carlos Moisés é aprovado pela Alesc

Segundo processo de impeachment de Carlos Moisés é aprovado pela Alesc

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou, nesta terça-feira (20), o segundo processo de impeachment contra o governador do Estado, Carlos Moisés. Esta votação refere-se ao caso de aquisição dos 200 respiradores da empresa Veigamed durante a pandemia da Covid-19, e não envolve a vice-governadora, Daniela Reinehr.

O processo foi aprovado com 36 votos sim, contra dois votos não e uma abstenção. O deputado Vicente Caropreso (PSDB) passou mal durante a votação, foi encaminhado ao Hospital e, por isso, não conseguiu pronunciar-se.

Veja como cada deputado (a) votou:

- Continua após o anúncio -

Luiz Fernando Vampiro (MDB): SIM
Ada de Luca (MDB): SIM
Dirce Heiderscheidt (MDB): SIM
Jerry Comper (MDB): SIM
Mauro de Nadal (MDB): SIM
Moacir Sopelsa (MDB): SIM
Romildo Titon (MDB): SIM
Valdir Cobalchini (MDB): SIM
Volnei Weber (MDB): SIM
Sargento Lima (PSL): SIM
Ana Campagnolo (PSL): SIM
Coronel Mocellin (PSL): NÃO
Felipe Estevão (PSL): SIM
Jessé Lopes (PSL): SIM
Ricardo Alba (PSL): SIM
Kennedy Nunes (PSD): SIM
Ismael dos Santos (PSD): SIM
Marlene Fengler (PSD): SIM
Milton Hobus (PSD): SIM
Júlio Garcia (PSD): ABSTENÇÃO
Ivan Naatz (PL): SIM
Carlos Humberto (PL): SIM
Marcius Machado (PL): SIM
Maurício Eskudlark (PL): SIM
Fabiano da Luz (PT): SIM
Luciane Carminatti (PT): SIM
Neodi Saretta (PT): SIM
Padre Pedro Baldissera (PT): SIM.
João Amin (PP): SIM
Altair Silva (PP): SIM
José Milton Scheffer (PP): SIM
Nazareno Martins (PSB): SIM
Laércio Schuster (PSB): SIM
Marcos Vieira (PSDB): SIM
Vicente Caropreso (PSDB): ABSTENÇÃO
Bruno Souza (NOVO): SIM
Cesar Valduga (PCdoB): SIM
Paulinha (PDT): NÃO
Jair Miotto (PSC): SIM
Sérgio Motta (Republicanos): SIM

Próximos passos

O processo segue o mesmo caminho do outro documento que tramita já na Alesc – com a diferença da exclusão da vice-governadora. Agora, o processo será levado para uma Comissão Julgadora Mista, formada por cinco deputados indicados pela Alesc e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, entre eles o presidente do TJSC.

Uma nova votação será feita e se seis membros da comissão votarem pelo afastamento o governador deixará de exercer seus cargos por 180 dias. Assume então o cargo de governador do Estado o presidente da Alesc, deputado Julio Garcia. Caso ele não possa, o próximo na linha de sucessão é o presidente do TJSC. Após, a mesma comissão julgadora fará uma terceira votação. Se houver sete votos a favor do impeachment, Moisés perde efetivamente o cargo.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,690FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe