Prefeito de Xanxerê é condenado por desvio de verba - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Prefeito de Xanxerê é condenado por desvio de verba

O desvio ocorreu em um programa de combate à exploração sexual; Prefeito já se envolveu em outras polemicas

Foto: Divulgação/ NSC TV

Informações: G1

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), condenou o prefeito de Xanxerê (SC), Avelino Menegolla (PSD) e outras quatro pessoas a dois anos e quatro meses de prisão, convertidos em prestação de serviços à comunidade, devido a desvio de recurso do Programa Sentinela. Programa esse instituído pelo Ministério da Previdência e Assistência Social, com ações de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Segundo o site G1, a pena dos envolvidos, envolve o pagamento de multa. Já o prefeito, deve pagar um valor aproximado de dez salários mínimos e nos demais de dois salários mínimos. A decisão da condenação foi assinada pelo relator João Pedro Gebran Neto.

O prefeito Avelino Menegolla emitiu uma nota oficial com sobre o caso “O prefeito confia na Justiça e que irá provar mais uma vez a sua inocência, como já definido em sentença de 1ª instância, por decisão da Justiça Federal de Chapecó”.

Polemica do salário 

Segundo o site Ronda Policial o prefeito Avelino Menegolla se envolveu em uma polemica no ano de 2018, ele recebia um salário de cerca de R$ 22.587,24. Este valor era maior que o salário do prefeito de São Paulo na época Bruno Covas Lopes com um valor de cerca de R$ 20.138,22.