Justiça determina soltura do ex-presidente Lula após votação no STF sobre prisão em 2ª instância - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Justiça determina soltura do ex-presidente Lula após votação no STF sobre prisão em 2ª instância

O pedido de soltura foi feito no início da manhã desta sexta-feira

Informações Terra

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, autorizou, nesta sexta-feira (8), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixe a prisão. O pedido de soltura foi feito pela defesa de Lula, após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir, na quinta-feira (7), pela proibição da prisão em segunda instância.

Conforme o portal Terra, o juiz que analisou o pedido está cobrindo as férias da juíza Carolina Lebbos, que é responsável pela execução penal de Lula.

Lula permaneceu preso durante 1 ano e 7 meses, em Curitiba, após ser condenado em duas instâncias no caso do triplex. Na ação ele foi condenado a 8 anos, 10 meses e 20 dias de prisão. Com o decisão, o ex-presidente poderá recorrer da decisão em liberdade.

Comentários do Facebook