Governadora expõe situação de rodovias do Oeste ao Ministério da Infraestrutura em Brasília

Na reunião ela solicitou investimentos para a região

Foto: Cristiano Estrela / Secom

A governadora em exercício, Daniela Reinehr, expôs a situação das rodovias do Oeste de Santa Catarina à equipe técnica do Ministério da Infraestrutura na tarde de quinta-feira (16). Ela pediu investimentos urgentes para amenizar transtornos, riscos à segurança e prejuízos causados pela condição das vias. Após explicação detalhada dada pela vice-governadora, os técnicos reconheceram que a região precisa de mais atenção. Daniela visitou a região Oeste e registrou a situação das rodovias.

“O foco é rodoviário porque andei três dias, percorri quase mil quilômetros, fizemos um levantamento fotográfico. Perdemos cerca de 40% dos grãos produzidos. É dinheiro que se perde e prejudica o produtor. Para um agricultor familiar, o prejuízo é significativo”, argumentou Daniela.

“Se nessas condições o Oeste já produz tanto, imagina se tivermos uma infraestrutura melhor. Os valores investidos logo voltarão aos cofres da União com o crescimento na produção”, acrescentou a governadora em exercício. 

Apresentação em momento decisivo

O secretário executivo adjunto do Ministério da Infraestrutura, Rodrigo Cruz, afirmou que o trabalho feito por Daniela veio em momento decisivo, uma vez que as prioridades para o ano serão decididas ao longo de semana que vem.

“Nós também temos essa dificuldade orçamentária. Por isso é extremamente importante receber esse feedback dos estados para que possamos concentrar os investimentos onde há mais necessidade”, disse.

“O presidente Bolsonaro nos cobra que andemos mais fora das capitais para conhecer as regiões, os municípios. Vamos olhar com mais carinho essa situação no Oeste de Santa Catarina”, assegurou.

A equipe do Ministério da Infraestrutura pediu cópias do levantamento. Últimos detalhes serão adicionados ao relatório até esta sexta-feira, 17, e Daniela fará o encaminhamento.

A governadora em exercício focou os pedidos por investimentos nas BRs 282, 163 e 153. O Ministério da Infraestrutura já havia garantido recursos para continuidade nas obras das BRs 470, 280 e 285. Em fevereiro, estão previstos o leilão para a concessão do trecho Sul da BR-101 e a assinatura de aditivo para o contorno da Grande Florianópolis.

“Uma vez assinado, esperamos que não haja mais qualquer impedimento à retomada da obra. Sabemos o quanto é importante para o cidadão e para Santa Catarina”, projetou o secretário nacional de Transportes Terrestres, Marcello da Costa.