EUA apoiam entrada do Brasil na OCDE - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

EUA apoiam entrada do Brasil na OCDE

Informações G1

Encontro do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro com o presidente dos EUA, Donald Trump, em março
Foto: Alan Santos/PR

Durante a conferência ministerial da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), nesta quinta-feira (23), em Paris, os Estados Unidos declararam apoio oficial à entrada do Brasil na organização. A informação foi confirmada por uma publicação do Itamaraty que foi compartilhada pela Embaixada dos EUA em Brasília.

Segundo o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o presidente americano, Donald Trump já havia garantido o apoio, no encontro com o presidente Jair Bolsonaro em março.

“O presidente Trump já tinha garantido seu apoio de maneira muito clara, de forma que a confirmação era esperada aqui no ambiente da OCDE”, afirmou o ministro. “Isso foi extremamente relevante. Era talvez a principal peça que faltava pra que nós possamos, no mais breve prazo, começar o processo de adesão”, disse.

Araújo também falou sobre a possibilidade de o Brasil continuar no G20, grupo que reúne as 19 maiores economias do mundo e a União Europeia.

“A expectativa é que o G20 pode ser usado como um espaço para a discussão sobre esse tema da ampliação da OCDE”, disse o ministro.

Anúncio anterior

O presidente americano, Donald Trump, já havia anunciado, durante encontro com o presidente Jair Bolsonaro há dois meses, que apoiaria a entrada do Brasil na OCDE – desde que o país retirasse o tratamento especial na Organização Mundial do Comércio, a OMC.

Todos os países considerados “em desenvolvimento”, como o Brasil, recebem tratamento especial na OMC, que tem 164 países-membros.

Entre os tratamentos especiais previstos estão prazos mais longos para a implementação de acordos e compromissos, medidas para aumentar as oportunidades comerciais para os países em desenvolvimento e disposições que obrigam todos os membros da OMC a salvaguardarem os interesses comerciais dos países em desenvolvimento.

A OCDE é uma organização que visa promover a cooperação e discussão de políticas públicas e econômicas para guiar os países que dela fazem parte.

Além do Brasil, outros cinco países também aguardam uma decisão para entrar na OCDE: Argentina, Peru, Croácia, Bulgária e Romênia. O Brasil foi o último a solicitar o ingresso.

Benefícios para o Brasil

A adesão à OCDE pode favorecer investimentos internacionais e as exportações, aumentar a confiança dos investidores e das empresas e ainda melhorar a imagem do país no exterior, favorecendo o diálogo com economias desenvolvidas.

No caso de países emergentes, a entrada na OCDE pode possibilitar também a captação de recursos no exterior a taxas de juros menores.