Coronavírus: Sistema de saúde entrará em colapso no final de abril, afirma Ministro da Saúde

Luiz Henrique Mandetta diz que situação crítica vai até agosto

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (20), o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta afirmou que o sistema de saúde brasileiro “entrará em colapso” no final de abril devido ao avanço do coronavírus.

Segundo Mandetta “o colapso é quando você tem o dinheiro, o plano de saúde, a ordem judicial, mas não se tem onde entrar para se tratar”. A fala do ministro é baseada na evolução da doença no mundo ocidental. Conforme Mandetta, o Covid-19 ainda vai ganhar força e aumentar rapidamente nos meses de abril, maio e junho. A situação crítica, vai até o mês de agosto.

Ainda de acordo com o ministro, pode ser necessário “segurar a movimentação” de pessoas para diminuir a transmissão do coronavírus. Conforme Mandetta é “mais difícil do que fechar uma cidade, um supermercado e um shopping, é saber o momento de reabrir”, pois é preciso ter uma série de informações, para que os locais possam ser reabertos com segurança.

Por fim, Mandetta anunciou que o Ministério da Saúde planeja promover “o maior programa de telemedicina” com a intenção de antecipar os sintomas e impossibilitar a proliferação do coronavírus.