Contorno Viário Oeste: Convênio para execução das obras que liga BR-282 a SC-283 é assinado em Chapecó

O aporte do Governo do Estado será de R$ 25 milhões; A ligação das rodovias será uma das principais obras do Oeste de SC

Foto: Lidiane/ClicRDC

Nesta sexta-feira (21), em agenda em Chapecó, o governador Carlos Moisés anunciou uma série de investimentos. Os recursos serão aplicados na saúde, educação, segurança pública e na infraestrutura, que totalizam R$ 26 milhões. Entre os convênios assinados, um dos mais importantes garantirá a execução do Contorno Viário Oeste, entre a BR-282 e a SC-283.

Segundo as informações do governo do estado, a execução do contorno viário oeste exigirá um investimento de aproximadamente R$ 50 milhões, dos quais R$ 25 milhões serão com recursos do Governo do Estado.


“Esses investimentos com recursos próprios são possíveis porque, com a reforma administrativa, cortamos 2.054 cargos comissionados, estamos utilizando uma nova forma de fazer compras públicas, sempre com pregão eletrônico, e revisando contratos. Tudo isso traz economia para que possamos investir, uma vez que o Estado ainda não pode contrair financiamentos. Mesmo assim não paramos de inovar e crescer”, detalhou o governador.


Obra

A obra consiste em garantir a pavimentação da Estrada Municipal Alcebíades Sperandio, que passa pelas comunidades de Linha Simonetto, Linha Sarapião, Linha Cascavel e Colônia Bacia, a oeste da área central de Chapecó. A contrapartida restante e a licitação ficarão a cargo da prefeitura de Chapecó.

De acordo com o prefeito, Luciano Buligon, a obra vai diminuir significativamente o tráfego na área central do Município. Também que trata-se de uma obra importante, não apenas para Chapecó, mas para o desenvolvimento da região.


Nossas cooperativas estão investindo R$ 1 bilhão aqui e vão gerar empregos e renda para toda a região. O governador e eu entendemos que precisamos dar uma contrapartida, e esta obra cumpre esse papel”, afirmou Buligon.


SC-283

A condições precárias da SC-283, já foi pauta para manifestação da comunidade. Conforme o governador, a rodovia está cheia de problemas, por falta de manutenção em anos anteriores.


“É uma obra importante, é uma necessidade. Não foram feitas manutenções por décadas e por isso chegou a condição que estamos. Hoje precisamos de financiamentos para investir nisso. Portanto, vamos continuar trabalhando na recuperação e manutenção dessa rodovia, especialmente, por meio do nosso consórcio intermunicipal, com parceria do Governo do Estado”, disse.


Além do contorno viário, outros atos foram assinados que asseguram mais R$ 1 milhão em investimentos para a região.

Casan investe na proteção da mata ciliar

A Casan renovou o convênio com o Consórcio Iberê para as ações de recuperação e conservação de matas ciliares no Oeste. O ato permite o repasse de R$ 431,6 mil para continuidade do trabalho que teve início em 2006 de recuperação de áreas de proteção ambiental ao longo de cursos d’água nos municípios de Águas de Chapecó, Caxambu do Sul, Chapecó, Cordilheira Alta, Guatambu, Planalto Alegre e São Carlos.

O projeto já beneficiou 423 famílias, com cercamento e recuperação de quase três milhões de metros quadrados de áreas de preservação permanente, o equivalente a quase 380 campos de futebol.

Educação, segurança e infraestrutura

Na mesma ocasião a Secretaria de Estado da Educação e a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) assinaram um protocolo de intenções para a formação continuada de professores na área de educação fiscal e financeira. 

Também houve a liberação de R$ 266 mil em financiamento do Badesc para obras na galeria de drenagem da Avenida General Osório, em Chapecó. Nesta sexta, o Governo de Santa Catarina, o Badesc e o Município de Chapecó assinaram o termo de garantia para a operação, documento que assegura a destinação do recurso.

O governador ainda liberou R$ 100 mil para reforma e adequações na Praça Municipal Marcelino Champagnat, localizada no bairro Santa Maria, em Chapecó. Os municípios de Mondaí e Seara também foram beneficiados com investimentos nesse valor. O primeiro fará o recapeamento asfáltico na Rua Capivara, no bairro Uruguai. Em Seara, o recurso será aplicado na pavimentação das ruas Luiza Zanoello e Jacila Garghetti.