Bolsonaro estuda recriar o Ministério da Segurança e reduzir as funções de Moro

Pronunciamento foi realizado na quinta-feira (23)

Informações: Uol

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde de quinta-feira (23), que estuda recriar o Ministério da Segurança Pública. A pasta foi extinta em Janeiro de 2019, depois que Bolsonaro foi empossado.

Se executada, a medida fará com que Sergio Moro perca suas atribuições. “Se for criado, aí ele [Moro] fica na Justiça. É o que era inicialmente. Tanto é que, quando ele foi convidado [para ser ministro], não existia ainda essa modulação de fundir com o Ministério da Segurança.”, disse o presidente.

A separação dos dois ministérios foi uma demanda apresentada em uma reunião entre Jair Bolsonaro e os secretários de segurança dos estados, realizada na quarta-feira (22).

O presidente afirmou, ainda, que está em contato com outros ministros antes de tomar uma decisão.”Lógico que o Moro deve ser contra, mas estudado com os demais ministros.”, declarou o presidente.