Bolsonaro assina decreto que revoga o horário de verão na temporada 2019/2020 - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Bolsonaro assina decreto que revoga o horário de verão na temporada 2019/2020

Foto: André Bolivar/ClicRDC

O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta manhã de quinta-feira (25), o decreto que revoga o horário de verão. A assinatura, segundo o portal G1, ocorreu durante uma cerimônia no Palácio do Planalto. O líder já havia anunciado no início deste mês, em uma rede social, a decisão de acabar com o horário de verão neste ano (2019/2020).

Durante o horário de verão, parte dos estados brasileiros adiantava o relógio em uma hora, no entanto, segundo a publicação do presidente: “após estudos técnicos que apontam para a eliminação dos benefícios por conta de fatores como iluminação mais eficiente, evolução das posses, aumento do consumo de energia e mudança de hábitos da população, decidimos que não haverá Horário de Verão na temporada 2019/2020”.

ANO  – VALOR ECONOMIZADO

2013: R$ 405 milhões

2014: R$ 278 milhões

2015: R$ 162 milhões

2016: R$ 147,5 milhões

Histórico

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/32, pelo então Presidente Getúlio Vargas. Sua versão de estreia durou quase seis meses, vigorando de 3 de outubro de 1931 a 31 de março de 1932.

A alteração nos relógios foi criada como uma estratégia do governo para gerar economia de energia, pois, durante a estação mais quente do ano, a maior utilização de eletricidade gerava picos de consumo e grande desperdício.

Com tudo, o objetivo principal era otimizar a utilização da luz solar por mais tempo durante o dia, uma vez que, diminui o uso de lâmpadas, chuveiro e outros aparelhos eletrônicos.


Comentários do Facebook