Enfermeira é suspensa de hospital após atender pacientes com coronavírus apenas de calcinha e sutiã

Mulher estava apenas com a roupa íntima por baixo do equipamento de proteção individual

Informações Isto É

Foto: Tulskie Novosti/Reprodução/New York Post

Uma enfermeira foi suspensa de um hospital, após atender pacientes infectados pelo novo coronavírus apenas de sutiã e calcinha, por baixo do equipamento de proteção individual (EPI). O fato aconteceu em uma unidade hospital de Tula, na Rússia. As informações foram postadas pelo New York Post, na quarta-feira (20).

Conforme a publicação do jornal, a mulher disse que não sabia que o material do equipamento de proteção era transparente. Por estar com muito calor, ela decidiu ficar só de calcinha e sutiã, por baixo do EPI.

Os chefes do hospital decidiram suspendê-la “por não cumprir os requisitos para roupas médicas”. O Ministério da Saúde local também aplicou uma sanção disciplinar ao departamento do hospital por violarem requisitos de segurança. No entanto, não detalhou qual seria exatamente a medida disciplinar.