Em três minutos, ladrões roubam milhões em aeroporto do México

(Foto: Divulgação/aeropuertosgap.com.mx)

Informações G1

Em apenas três minutos, um grupo armado de seis pessoas invadiu a pista do aeroporto internacional de Bajío, no estado mexicano de Guanajuato, e roubou milhões de pesos mexicanos de um carro-forte, informaram veículos da imprensa local e agências de notícias nesta sexta (5).

Não há confirmação do valor roubado, mas os valores citados são de 20 e 46 milhões de pesos mexicanos (cerca de R$ 4 milhões e R$ 9,3 milhões, respectivamente).

Homens armados em uma caminhonete burlaram o sistema de segurança do aeroporto e feriram funcionários do transporte de carga, que levavam o dinheiro para um avião, na quarta-feira à noite (3), segundo a empresa que administra o aeroporto.

O texto afirma que um veículo “entrou no aeroporto, invadindo a cerca de segurança, e tomou à força os valores. Ao fugir, derrubaram uma área da cerca”, indicou o Grupo Aeroportuario del Pacífico (GAP).

De acordo com o jornal local “Excelsior”, os criminosos teriam clonado uma van, que usaram para invadir a pista. Eles colocaram adesivos da empresa Aeromexico no veículo, que tinha sido roubado em janeiro, segundo boletim de ocorrência.

Segundo o jornal “El País”, dados preliminares sugerem que o roubo foi de pelo menos 20 milhões de pesos. Já o jornal local “Diario AM” afirma que o carro-forte levava 120 milhões de pesos (cerca de R$ 24,2 milhões) para serem transportados no avião, mas que nem todo o montante foi levado. O “Excelsior” fala em 46 milhões de pesos roubados.

“Os assaltantes estavam a bordo de uma van branca, na qual interceptaram o pessoal na área de pistas, para fugir imediatamente”, descreveram as autoridades, segundo o “El País”. O transporte de dinheiro no Aeroporto Internacional de Bajío, diz o jornal, ocorre pelo menos uma vez por mês. A queixa foi recebida no Ministério Público de Guanajuato e uma pasta de investigação foi aberta no gabinete do procurador local.

O GAP afirma que a segurança e a operação do aeroporto não foram afetadas.