Dentadura é encontrada na garganta de idoso uma semana após cirurgia

O paciente de 72 anos havia passado por uma cirurgia para remover um caroço do abdômen

Imagem: BMJ CASE REPORTS 2019/ Reprodução BBC

Informações BBC News

Um caso inusitado tem repercutido nos portais de comunicação do mundo todo. Segundo a BBC, um idoso de 72 anos ficou com a dentadura presa na garganta, enquanto realizava uma cirurgia para remover um caroço do abdômen. O objeto somente foi localizado oito dias depois do procedimento. O fato aconteceu em 2018, na cidade de Norfolk na Virgínia, nos Estados Unidos.

Seis dias depois de realizar o procedimento, o paciente comentou que sentia dificuldade para engolir alimentos e que estava tossindo sangue. Na ocasião, os médicos acreditaram que se tratava de uma infecção respiratória, ou até mesmo efeitos colaterais decorrentes da colocação de um tubo na garganta do paciente durante a cirurgia. Os médicos prescreveram remédios e o homem voltou para casa.

Dois dias depois, o idoso retornou ao hospital, pois persistia com o problema. Um exame detalhado foi realizado e o objeto foi encontrado. O idoso revelou aos médicos que havia perdido – durante o tempo que ficou no hospital- a dentadura que tinha três dentes falsos e uma placa dentária. Uma nova cirurgia foi feita, desta vez para remover a dentadura. Depois do procedimento, o idoso recebeu alta médica, mas ainda precisou retornar a unidade hospitalar mais algumas vezes, por complicações no procedimento.

Conforme a BBC News, a diretora do hospital Hazel Stuart, disse que uma investigação foi realizada. Além disso, os resultados da apuração fizeram com que os procedimentos fossem revisados e alterados.

As informações foram publicadas em um artigo, na revista BMJ Case Reports. Na publicação os autores recomendam que dentaduras sejam retiradas antes da anestesia geral.