Chineses fazem o primeiro clone de um gato

Garlic é o clone de um gato que morreu a cerca de sete meses

Imagem ilustrativa – Foto: Arquivo pessoal/Alexandre Pappen

Informações: NSC Total

Um avanço científico esta ganhando grande repercussão, pois a empresa Sinogene, da cidade de Pequim na China, conseguiu clonar um gato. A empresa já clonou cerca de 40 cães até agora. O felino é um feito histórico tanto para ciência como para a compania chinesa.

Segundo informações do site NSC Total, o dono do animal, Huang Yu, tinha outro gatinho chamado Garlic, que morreu há cerca de sete meses. Após a perda do animal, o dono entrou em contato com a empresa para que fosse feito um clone do gato.

Este animal representa muito progresso no caminho da clonagem, agora os cientistas trabalham para clonar um panda, algo que a China vem tentando há vinte anos. Embora um panda seja muito maior que um gato na idade adulta, no nascimento seu tamanho é semelhante e a gestação dura entre dois e três meses.

Outros Clones

A empresa já é conhecida pelo trabalho de clonagem, desde de 2017, já foram clonados cerca de 40 cães no país. Os donos dos animais de estimação, muitas vezes ficam traumatizados pela morte do animal, então pagam até 250 mil yuanes (US$ 35 mil) que custam para clonar um gato ou os 380 mil (US$ 53 mil dólares) por um cão.