Avião se parte em dois ao pousar e deixa 17 mortos; mais de 120 pessoas ficaram feridas

Segundo a empresa aérea, 190 pessoas estavam na aeronave

Foto: Reprodução/Twitter/The Times of India

Informações: G1 e R7

Matéria Atualizada às 18h40

Um avião da Air India Express, com 190 pessoas a bordo -184 passageiros e seis tripulantes, saiu da pista e se partiu em dois na hora do pouso. O acidente, registrado em Calicute, no estado de Kerala, na Índia, deixou pelo menos 17 mortos  – entre eles, o piloto – e 123 feridos. 

O voo partiu de Dubai e pousou no Aeroporto Kozhikode. Segundo informações da mídia local, o voo fazia parte de uma missão de repatriação de indianos presos fora do país por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em um comunicado, a Air India Express confirmou a morte dos dois pilotos do Boeing 737, os capitães Deepak Sathe e Akhilesh Kumar. Outros quatro membros da tripulação estão em segurança.

O jornal Times of India informou que chovia na hora do acidente. Equipes de resgate atuam para encaminhar feridos ao hospital, segundo o  Ministério da Aviação Civil da Índia. Outro jornal local, o The Indian Express, noticiou que a aeronave atravessou a pista, caiu em um barranco ao final dela e se partiu em dois.