OUÇA AO VIVO

InícioMateus MontemezzoChape merece pelo menos cinco mil pessoas na Arena Condá contra o...

Chape merece pelo menos cinco mil pessoas na Arena Condá contra o Vasco

Confira a coluna do jornalista Mateus Montemezzo:

Foto: Júlia Galvão/Chape

O início de ano foi um fiasco dentro de campo para a Chapecoense. Eliminada na 1ª fase da
Copa do Brasil e nas quartas de final do fraco Campeonato Catarinense, a expectativa não era das melhores na arrancada da Série B. Porém, a chegada de Gilson Kleina e as novas contratações deram uma nova cara pra equipe. O empate com o Ituano, campeão do interior de São Paulo, e a vitória contra o Grêmio, lá em Porto Alegre, reascenderam a chama que há alguns meses estava apagada no torcedor. Aliás, a Chape não vencia um clube com maior investimento, num jogo eletrizante, desde setembro do ano passado, quando derrotou o Red Bull Bragantino em Bragança Paulista por 1 a 0 (ainda com Pintado como técnico).

A diretoria não vem medindo esforços para colocar as contas em dia, mesmo com orçamento menor. É um trabalho árduo resgatar a confiança da torcida, mas vejo que essa é a hora da região compreender o contexto e ir pra Arena Condá. Pelo menos cinco mil pessoas nas arquibancadas, é isso que espero do jogo desta sexta-feira, contra o Vasco, em Chapecó, às 21h30.

Bom momento

- Continua após o anúncio -

A Série B é danada. Competição difícil de jogar. O segredo é aproveitar a boa fase. Somar o máximo de pontos possíveis nas primeiras rodadas, formar uma “gordurinha”, que permite ser queimada lá na frente, quando o grupo apresentar oscilações. Isso é certo que vai acontecer. Aliás, basta ver a campanha do Brusque em 2021. Iniciou a todo vapor, figurou próximo do G-4 no primeiro turno, mas depois quase foi rebaixado. Do outro lado, é tirar proveito do pressionado Vasco, que ainda não venceu na Série B. Foram dois jogos e dois empates.

Ingressos e horário

Você pode até estar se perguntando: como pode uma partida de futebol na sexta, às 21h30? Pois é, a televisão paga, os clubes obedecem. Até por que, pelos menos 40% da receita anual da maioria dos times da Série B vem diretamente dos direitos de transmissão. E antes disso, às 19h, tem CSA x Bahia – a CBF está evitando marcar duelos no mesmo horário. Paciência nesse ponto.

Em relação ao valor dos ingressos, que podem ser adquiridos na hora, a partir de R$ 25,00 (meia-entrada na Geral), creio que esteja na faixa de valores de outros jogos da competição. Fora que, crianças até 12 anos, não pagam. E temos cerca de cinco mil sócios ativos. Lembrando que na entrada do estádio, oficialmente, se exige comprovante de vacinação completa (duas doses ou dose única de vacina contra a COVID-19) para pessoas acima de 18 anos. Já adolescentes entre 12 e 17 anos devem apresentar comprovante de vacinação com registro de, pelo menos, uma dose de vacina.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
58,864FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe