Vale título: Em vantagem, Chapecoense enfrenta o Brusque

A partida acontece às 16h, no Estádio Augusto Bauer

Divulgação/FCF

Chegou o dia tão esperado pelos torcedores da Chapecoense e do Brusque. Neste domingo (13), o Verdão do Oeste enfrenta o time do Vale do Itajaí na segunda partida da decisão do Campeonato Estadual. O time de Condá está em vantagem na disputa, pois venceu o jogo de ida por 2 a 0.

Chapecoense

Com um trabalho consolidado de Umberto Louzer, a Chape conseguiu construir uma boa vantagem na partida que aconteceu na Arena Condá, na quarta-feira (9).

Para o confronto de logo mais, o time titular da Chapecoense deve ser o mesmo que iniciou a partida de ida. Porém, pela parte ofensiva do time adversário, não está descartada a possibilidade de Ezequiel e Matheus Ribeiro jogarem pelo lado direito.

No primeiro jogo da final do Campeonato Catarinense, a Chapecoense venceu o Brusque pelo placar de 2 a 0. Agora, o time do Oeste pode perder por até um gol de diferença que ainda fica com o título.

Caso vença, essa será a sétima conquista do Campeonato Estadual. O último título da Chape foi em 2017.


Foto: Márcio Cunha/ACF

Brusque

Em desvantagem na disputa, o Brusque tem uma missão difícil para o confronto. O time do Vale precisa fazer três gols para sair com o título de forma direta. Caso faça dois, a partida vai para os pênaltis.

Para o torcedor Brusquense, o fator casa é algo a se valorizar. A última derrota do time nas dependências do estádio Augusto Bauer aconteceu em setembro de 2019. Na oportunidade, o Marreco perdeu por 2 a 1 diante do Fluminense de Joinville.

O meio-campista Thiago Alagoano, principal atleta do Brusque, pode ficar de fora da decisão do Campeonato Catarinense. O jogador sentiu no treino de sexta-feira (11) e voltou a ficar fora na atividade deste sábado (12).


Foto: Márcio Cunha/ACF

BRUSQUE X CHAPECOENSE

Local: Augusto Bauer, Brusque
Horário: 16h
Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira
Provável Brusque: Zé Carlos; João Carlos, Ianson, Everton Alemão e Airton; Rodolfo Potiguar, Zé Mateus e Thiago Alagoano; Alex Sandro, Johnny e Fabinho.
Provável Chapecoense: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joilson, Luiz Otávio e Alan Ruschel; Willian Oliveira, Anderson Leite e Denner; Aylon, Anselmo Ramon e Paulinho Moccelin.