Preparador físico da Chapecoense fala sobre a volta aos treinamentos

Os atletas da Chape estão há 67 dias sem atividades presenciais


Foto: Márcio Cunha/ACF

O preparo físico dos atletas se torna um dos principais impasses com a volta precoce do futebol. Sem treinar presencialmente há mais de 60 dias, a Chapecoense pretende voltar às atividades no CT da Água Amarela na próxima segunda-feira (25). Marcelo Rohling, preparador físico do Verdão, falou sobre esse retorno.

Sem as atividades presenciais, os jogadores realizaram treinamentos individuais em casa. “A principal preocupação é o nível de força. Qualidade que é fundamental para que o atleta tenha uma boa performance e evitar lesões”, explica o preparador físico da Chapecoense.


Foto: Márcio Cunha/ACF

Neste momento, o período de recesso equivale a duas férias consecutivas dos atletas. “Se faz necessário estender esse período entre o reinício de trabalho e competições”, destacou.

Marcelo Rohling falou sobre um tempo ideal de preparação para que os atletas retornem a um alto nível. “Seria necessário 50% do tempo que ficamos parado. Esse é o tempo que nós propicia desenvolver nos atletas os níveis de perfomances”, disse.

“Quatro semanas seriam o tempo propício para desenvolver no atleta a capacidade de jogar 90 minutos em uma intensidade adequada”, completou o preparador físico da Chapecoense.