Os jogadores que podem retornar para a Chapecoense em 2020

Com o final do Brasileirão, iniciam-se as transferências e retorno de jogadores aos seus clubes de origens. A Chapecoense tem alguns atletas com empréstimos que terminam. Ao todo, a Chapecoense tem nove jogadores que atuam por outras equipes. Confira quem são:


Marcos Vinicius


No Criciúma, Marcos Vinícius foi apresentado em abril por João Carlos Maringá. Foto: Reprodução/Criciúma

Está na Chapecoense desde 2018, nesta temporada foi emprestado para o Criciúma. Lá, o lateral direito, de 22 anos, atuou 11 vezes com as cores do time carvoeiro. Porém, foi afastado e não treinou com o restante do grupo do Tigre.


Vinicius Freitas


Foto: Reprodução/Botafogo-SP

O atleta, de 26 anos, em 2019, participou de quatro jogos da Chapecoense. Foi emprestado ao Botafogo-SP e jogou nove vezes na Série B do Campeonato Brasileiro.


Joílson

Foto: Reprodução/ São Bento

O zagueiro chegou na Chape em 2019 e logo foi emprestado para o São Bento-SP. No time paulista, jogou 16 vezes na Série B do Brasileirão.


Luiz Otávio

Foto: Raul Ramos/Divulgação/Agência Botafogo

O defensor, de 27 anos, que chegou na Chapecoense em 2017, foi emprestado ao Botafogo-SP. No time de Ribeirão Preto (SP), jogou 29 vezes e marcou um gol.


Júlio César


Foto: Raul Ramos/Divulgação/Agência Botafogo

Atacante, Júlio César, de 24 anos, teve uma lesão no ligamento colateral do joelho e ficou de fora por um período. Na Chapecoense, em 2019, jogou quatro vezes. Primeiramente, foi emprestado para a Ponte Preta – disputou nove partidas. No segundo empréstimo da temporada, Júlio César foi para o Botafogo-SP – jogou 18 vezes e marcou um gol.


Lucas Mineiro


Foto: Fabio Leoni/ PontePress

Meio campista, é fruto das categorias de base da Chape. Não atua com a camisa alviverde desde 18 de fevereiro de 2018. Desde então, foi emprestado para a Ponte Preta – temporada 2018 e 2019, e Vasco da Gama – 2019. Lucas Mineiro tem 23 anos.


Alan Ruschel


Foto: Divulgação/Goiás

Ruschel chegou em Chapecó no ano de 2016. Na atual temporada, foi pouco aproveitado na Chape – jogou 17 vezes e marcou um gol. Em agosto, foi emprestado para o Goiás, em pouco mais de três meses jogou 12 vezes e marcou um tento.

Em 2020, é muito provável que Alan Ruschel continue no time comandado por Ney Franco.


Aylon


Foto: Paulo Marcos/Atlético-GO

O atacante, de 29 anos, chegou neste ano na Chapecoense. Jogou 19 vezes, marcou três gols, mas foi emprestado ao Atlético-GO. No Dragão, participou da campanha do acesso a Série A do Brasileiro. Aylon jogou 12 vezes e marcou um gol.


Bruno Silva


Foto: Reprodução/Atlético-MG

Joia das categorias de base da Chapecoense, Bruno Silva foi emprestado ao Atlético-MG. O time de Belo Horizonte, tem o direito de compra do atleta até o dia 31 de janeiro do próximo ano. O Galo terá a prioridade de compra de 50% dos direitos com valor fixado em R$ 2,5 milhões.