Departamento de Futebol da Chapecoense fala sobre o planejamento para a temporada 2020

O objetivo do clube é a reabilitação financeira


Foto: Márcio Cunha/ACF

O Departamento de Futebol da Chapecoense concedeu uma entrevista coletiva na tarde de quinta-feira (12), na Arena Condá. A pauta foi o planejamento para o ano de 2020. O presidente, Paulo Magro, o vice-presidente de futebol, Mano Dal Piva e o gerente de futebol, Michel Costa, conversaram com a imprensa.

Magro abriu a coletiva agradecendo à imprensa, aos atletas, aos funcionários, aos torcedores, aos diretores e a todos que, de alguma maneira, apoiaram o clube alviverde na temporada que se encerrou. “Se o ano não foi como a gente queria, está iniciando um novo ano. E esperamos buscar grandes objetivos. Não poderia deixar de fazer esse agradecimento às pessoas que tanto honraram a camisa da Associação Chapecoense de Futebol”. 

Questionado sobre os reforços que serão contratados para compor o elenco alviverde, Mano falou sobre as dificuldades, mas afirmou que não há desespero. “A maior dificuldade que estamos encontrando hoje é a concorrência com outras equipes que possuem poder aquisitivo maior. Temos muitos ajustes a fazer. Temos uma folha que ainda é alta, mas estamos trabalhando em cima da renegociação. Apesar da concorrência, estamos, há alguns dias, trabalhando a fim de fazer o melhor e adequar as contratações à filosofia do clube, com atletas com a nossa característica. Mas não há desespero”. 

O planejamento da Chapecoense está focado na reabilitação financeira do clube. Paulo Magro deixou claro que o objetivo do clube em 2020 é permanecer na Série B do Brasileirão e ficar entre os quatro primeiros no Campeonato Catarinense. Segundo o presidente, na Copa do Brasil a Chapecoense vai buscar avançar “até onde dar”.

Confira a entrevista na integra: