Chapecoense: Ao menos 15 pessoas contraíram Covid-19

Verdão enfrenta o Avaí no domingo, em Florianópolis

Foto: Márcio Cunha/ACF

Na manhã desta sexta-feira (10), a Chapecoense comunicou que jogadores e membros da comissão técnica testaram positivo para Covid-19. Previamente, o clube afastou os profissionais para que realizem a quarentena.

O time que enfrentará o Avaí, no próximo domingo (12), às 16h, na Ressacada, passou por um novo teste antes de embarcar rumo à capital de Santa Catarina.

Oficialmente, não serão divulgados nomes de pessoas contaminadas. Em comunicado, a diretoria do Verdão esclareceu que, em nenhum momento, divulgou qualquer informação a respeito dos colaboradores positivados e não confirma a suposta lista que circula em grupos e redes sociais. 

Segundo o clube, Por respeito e, principalmente, cumprimento à ética e ao sigilo médico, o clube se atém ao direito de preservar o nome dos contaminados.

Comunicado da Chapecoense

A Associação Chapecoense de Futebol – por meio da sua Diretoria e do seu Departamento Médico – informa que, após a divulgação do resultado dos testes RT-PCR – realizados, na última terça-feira (07), a fim de cumprir uma exigência da prefeitura de Florianópolis – alguns integrantes da comissão técnica e do elenco alviverde testaram positivo para o Covid-19. Diante dos diagnósticos, todos os profissionais foram prontamente afastados para cumprir o período de quarentena. 

Tendo em vista o confronto contra o Avaí no próximo domingo (12), o clube reitera que todos os atletas e profissionais da comissão técnica que integrarão a delegação na viagem para a capital catarinense tiveram seus resultados negativados e estão aptos para o duelo. 

A fim de garantir a segurança de todos, o clube optou por realizar uma nova bateria de testes, na tarde desta sexta-feira (10), em todos os relacionados para a viagem.