OUÇA AO VIVO

InícioESPORTEJogador Robinho é condenado por estupro coletivo na Itália

Jogador Robinho é condenado por estupro coletivo na Itália


Ivan Storti/Santos FC

O jogador de futebol Robson de Souza, popularmente conhecido como Robinho, foi condenado nesta quarta-feira (19), em última instância pelo Poder Judiciário da Itália, por estupro coletivo. O julgamento ocorreu na Corte de Cassação de Roma, equivalente ao Supremo Tribunal Federal no Brasil. O crime teria ocorrido em janeiro de 2013, quando o atacante ainda atuava no Milan.

A sentença deve sair em 30 dias, mas a partir disso Robinho passa a ser considerado culpado e deve cumprir nove anos de prisão. Mas de acordo com o Globo Esporte, mesmo com a condenação em última instância, o jogador não poderá ser extraditado para a Itália, já que a Constituição de 1988 proíbe tal ação. O atacante só corre o risco de ser preso caso realize viagens ao exterior. Para isso, o Estado italiano precisa emitir um pedido internacional de prisão que pode ser cumprido em qualquer país da União Europeia.

O caso

- Continua após o anúncio -

O caso foi registrado em uma boate de Milão, em janeiro de 2013. De acordo com a denúncia a Procuradoria da cidade, na ocasião Robinho e outros quatro brasileiros realizam um estupro coletivo contra uma mulher de origem albanesa. 

Ainda conforme o Globo Esporte, a vítima, residente na Itália há alguns anos, foi com uma amiga à boate para comemorar seu aniversário de 23 anos – a violência ocorreu dentro do camarim do local. 

Os advogados do atacante sustentavam que não havia provas de que a relação sexual com a mulher não tenha sido consensual. Mas durante a audiência, os recursos dos defensores, foram recusados.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,171FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe