Professor Élio Maldaner recebe o título Mérito Educacional do Conselho Estadual de Educação

Conteúdo Patrocinado

Professor há mais de 47 anos, educador reconhecido pela comunidade, colegas, alunos e pais, o diretor do Colégio Exponencial de Chapecó, Élio Antonio Maldaner, recebeu o Diploma de Mérito Educacional do Conselho Estadual de Educação (CEE/SC). A entrega da outorga aconteceu nesta semana em Florianópolis, durante sessão plenária do Conselho, conduzida pelo presidente Osvaldir Ramos, vice-presidente Gildo Volpato, secretário Antonio Agostini, conselheiros do CEE/SC, familiares do homenageado e amigos. A indicação a homenagem foi da conselheira Alvete Pasin Bedin, aprovada pelo Conselho Estadual por unanimidade.

A homenagem foi celebrada também com a passagem neste mês de agosto pelos 30 anos de atuação do Colégio Exponencial em Chapecó e região oeste catarinense. Em uma sessão carregada de emoção e reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à educação catarinense, Élio Maldaner traçou em algumas linhas do seu discurso o que o conduziu a honraria. “Sinto-me privilegiado em estar à frente de muitas atividades voltadas à educação. Projeto construído de forma solidária e coletiva junto com profissionais da educação comprometidos em uma caminhada de fazer reconhecer o potencial e a capacidade da educação na nossa região”, destacou.

O homenageado fez questão de dividir o mérito, reconhecendo o trabalho da sua equipe. “Não é apenas minha a conquista. É dos meus parceiros de trabalho – funcionários, professores, coordenadores em especial meus colegas professores e sócios – que são companheiros de uma vida de ideias e sonhos”, disse. Em deferência especial, agradeceu a parceria de décadas, de amizade e a presença na homenagem do seu colega da época de escola, de projetos educacionais e também sócio, Amélio Domingos Bedin.

“Élio tem vivido e se dedicado há décadas pela educação. Incansável, exigente, cumpridor do papel de mediador, sempre envolvido em causas pelo desenvolvimento da educação”, destacou a conselheira Alvete em seu discurso. Segundo a conselheira do CEE/SC, nas décadas de 80 e 90, o professor Élio foi grande colaborador para estimular a vinda de outros professores da região para Chapecó e o reflexo do seu trabalho é o reconhecimento que toda região e Estado tem pelo seu trabalho.

SUA HISTÓRIA

O gaúcho natural de Selbach, que escolheu Chapecó para se dedicar às causas comunitárias e educacionais a partir da década de 60, tem invejável atuação desde a sua época estudantil em Chapecó até os dias de hoje. Quando estudante no Seminário Menor de Chapecó e Colégio Estadual Bom Pastor, esteve à frente do Grêmio Estudantil com ações em defesa dos alunos, da cultura, do esporte e infraestrutura, passando a se dedicar em salas de aula do ensino fundamental e médio a partir de 1972.

Élio Maldaner é formado em Matemática e Ciências pela Universidade de Passo Fundo (UPF) em 1978 e Química pela Universidade de Ijuí (Unijuí) em 1980. Tornou-se especialista em Química pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MG) em 1984 e especialista em Gestão de Pessoas em 2006 (FIE/SC)e em Educação e Docência no Ensino Superior pela Faculdade Exponencial (FIE/SC) em 2009.

Incansável educador e também estudioso, desenvolveu a habilidade da gestão administrativa educacional.Foi diretor geral do Colégio Bom Pastor, diretor do ensino superior e diretor geral do Colégio Exponencial, este último cargo que ocupa atualmente há quase duas décadas.

O Colégio Exponencial iniciou suas atividades em 1989 com estrutura em Chapecó, escola privada que hoje atende todos os níveis da educação básica, da educação Infantil até  a 3ª série do Ensino Médio, conta com cerca de mil alunos, estrutura física invejável e inúmeros projetos e ações que envolvem a comunidade.“Para nós é um orgulho trabalhar com a educação de geração para geração, dos pais e agora dos filhos”, destaca.