Manifestações contra cortes na educação são realizadas nesta quarta (15) - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Manifestações contra cortes na educação são realizadas nesta quarta (15)

Foto: Reprodução Rede Globo/ G1

Nesta manhã de quarta-feira (15), algumas cidades brasileiras iniciaram manifestações contra o bloqueio de recursos para a educação anunciado pelo MEC. O ato aconteceu em cidades dos 26 estados e o Distrito Federal. Entre os estados está Santa Catarina. Em Chapecó também deve ocorrer manifestos.

Participam da mobilização: movimentos estudantis, sociais e a partidos políticos e sindicatos convocaram a população para uma greve de um dia contra as medidas anunciadas pelo Governo Federal, que atinge a educação.

As manifestações acontecem nos estados: de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Sergipe, Tocantins, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Sul, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Sul, Piauí, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Amazonas, Acre, Mato Grosso do Sul e Roraima.

Bloqueio

O Governo Federal anunciou que a medida foi tomada devido à queda na arrecadação, com isso, foi preciso realizar o corte.  Conforme o Ministério da Educação, o bloqueio é de 24,84% das chamadas despesas discricionárias. Essas despesas são aquelas consideradas não obrigatórias, que incluem gastos como contas de água, luz, compra de material básico, contratação de terceirizados e realização de pesquisas. O valor total contingenciado, considerando todas as universidades, é de R$ 1,7 bilhões, ou 3,43% do orçamento completo — incluindo despesas obrigatórias.

Em 2019, as verbas discricionárias representam 13,83% do orçamento total das universidades. Os 86,17% restantes são as chamadas verbas obrigatórias, que correspondem, por exemplo, aos pagamentos de salários de professores, funcionários e das aposentadorias e pensões.

Informações Portal G1