Estudante desenvolve bengala com sensor para deficientes visuais em SC

O aluno tem 13 anos e com o trabalho ficou em primeiro lugar em concurso


Foto: NSC TV/Reprodução G1SC

Informações G1

Felipe Rodrigues, aos 13 anos, desenvolveu um sensor de obstáculos em bengalas para deficientes visuais. O trabalho foi realizado na escola em que estuda em Itajaí (SC). Com a invenção ele ganhou o primeiro lugar em um concurso realizado pela escola de Programação e Robótica.

Os estudantes tinham que desenvolver um aplicativo, um jogo ou um protótipo com base em um problema real. Inspirado na necessidade de Isabela Maestri, amiga da prima dele, o aluno desenvolveu a bengala com sensor.

O trabalho de Felipe ficou em primeiro lugar no concurso realizado entre estudantes de 10 a 13 anos da rede de ensino, de todo o Brasil.