Feira do Peixe Vivo: Expectativa de comercialização é de 40 toneladas

Chapecó terá 19 pontos de venda


Os preparativos para a Feira do Peixe Vivo em Chapecó já começaram, que começa nesta quarta-feira (31), em 19 pontos da cidade. Segundo o diretor de Agricultura do município, Jonas Bringhenti, a expectativa é de comercialização de 40 toneladas. Os valores variam de R$ 14 a R$ 22 por quilo. As espécies comercializadas são carpas (húngara, prateada, capim, comum e cabeça grande), pacu, traíra e tilápia. 

“A população que quiser um alimento de qualidade, fresco, pode ir num dos 19 pontos, das 7h às 19h, na quarta e quinta-feira. Na sexta-feira também terá comercialização em alguns pontos, até 12h. Os produtores foram orientados a seguirem todos os protocolos de segurança e prevenção da Covid”, explicou Bringhenti.

O piscicultor Rafael Barp, da Linha Simonetto, é a terceira geração da família na atividade. Ele já retirou os peixes de um açude maior, para um tanque menor, para facilitar a retirada. Ele vai comercializar seus peixes nos pontos de feira do São Cristóvão, Calçadão.

“A Feria do Peixe Vivo é o nosso ganha-pão, onde comercializamos 90% de nossa produção. Neste anos queremos vender dez toneladas. Com o licenciamento ambiental investi na atividade e dobrei a produção”, disse Barp. Ele também comercializa alevinos e está construindo uma agroindústria para agregar valor ao produto, com a industrialização.

Pontos de comercialização: 

  • Cristo Rei – antiga Feira
  • Posto Galli/ Palmital
  • Feira Efapi
  • Feira São Cristóvão
  • Feira Pres. Médici 
  • Universitário/ Igreja Católica
  • Igreja Presidente Médici
  • Floricultura – Vila Real
  • Praça- Passo dos Fortes
  • Feira Bela Vista
  • Colégio Jardim do Lago
  • São Pedro/ antiga garagem Prefeitura
  • Praça -Santa Maria
  • Vila Zonta/ em frente Ciotta
  • Live próximo ao Shopping
  • Seminário 
  • Mercado Público
  • Feira do Calçadão
  • Feira do Centro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here