OUÇA AO VIVO

InícioECONOMIABônus incentiva redução do consumo de energia com desconto na conta de...

Bônus incentiva redução do consumo de energia com desconto na conta de luz em Santa Catarina

Saiba como funciona o ‘Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica’

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nas últimas semanas, a campanha “Consumo Consciente Já” foi lançada em nível nacional. A intenção é contribuir para a garantia do fornecimento de energia elétrica no Brasil, que vive a maior escassez hídrica dos últimos 91 anos. Em Santa Catarina, um dos principais incentivos da campanha é o ‘Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica’, lançado pela Celesc

A cada quilowatt-hora (kWh) do volume de energia economizado, o cliente catarinense garante R$ 0,50 de desconto dentro da meta de 10% a 20%. Assim, além de ajudar o país a enfrentar a escassez hídrica, ao receber o bônus o consumidor terá uma economia maior. 

O cálculo será feito com base no somatório do consumo entre setembro e dezembro de 2021, na comparação com a soma das mesmas quatro faturas de 2020. Se houver uma redução no consumo de 10% ou mais, o desconto será creditado na conta de janeiro de 2022.

- Continua após o anúncio -

Os consumidores aptos a receberem o bônus são os da baixa tensão (grupo B) e os de média e alta tensão (grupo A), das classes de consumo residencial, industrial, comércio, serviços e outras atividades, rural e serviço público, incluindo aqueles residenciais com benefício da Tarifa Social.

Como ter acesso ao bônus

O consumidor não precisa fazer cadastro ou registro na distribuidora de energia elétrica para ter direito ao recebimento do bônus. O bônus apurado será informado na primeira conta de luz recebida após o cálculo do consumo referente ao mês de dezembro de 2021 e creditado como abatimento do valor a pagar na conta de luz subsequente.

A campanha “Consumo Consciente Já” é uma ação do Ministério de Minas e Energia (MME), Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e a Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee),

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,705FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe