Ronaldinho Gaúcho é investigado por posse de passaporte falso no Paraguai

Ele e seu irmão vão depor nesta quinta-feira


Foto: Divulgação/Polícia Nacional do Paraguai

Na noite de quarta-feira (4), o ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis Moreira, foram detidos no Paraguai sob a acusação de portarem documentos falsos. Policiais do país sul-americano foram até um hotel da cidade de Assunção e apreenderam documentos. Eles vão depor nesta quinta-feira (5).

Ronaldinho Gaúcho está no Paraguai para realizar compromissos profissionais. A chegada do ex-jogador gerou uma grande repercussão.

Segundo o UOL, as autoridades Paraguaias foram avisadas no aeroporto sobre os problemas nas documentações. Mas devido ao grande números de fãs, preferiram realizar a investigação no hotel que Ronaldinho e Assis estavam.


Foto: Divulgação/Polícia Nacional do Paraguai

Na suíte foram apreendidos passaportes, carteiras de identidade e os telefones celulares de Ronaldinho e do irmão. Segundo o Ministério do Interior do Paraguai, os documento estavam adulterados.

Algo que chama a atenção é o fato de não haver necessidade de apresentar passaporte brasileiro para entrar no Paraguai. Este é, portanto, um dos pontos da investigação das autoridades paraguaias.