OUÇA AO VIVO

InícioClicAgroBrasil bate recorde histórico nas exportações de frutas; Paraná tem previsão de...

Brasil bate recorde histórico nas exportações de frutas; Paraná tem previsão de racionalização na nova safra do Trigo


Brasil bate recorde histórico nas exportações de frutas

Créditos: Vamos Comer Melhor

O Brasil alcançou recorde histórico de exportação de frutas em 2021, apontam os dados apresentados no Boletim Hortigranjeiro 2022, divulgado pela Conab.

No ano, as exportações brasileiras de frutas foram superiores tanto em volume quanto em receita. O faturamento superou US$ 1,21 bilhão, sendo 20,39% acima do computado até dezembro de 2020. O volume total de frutas frescas enviadas ao exterior foi de 1,24 milhão de toneladas, superior em 18,13% em relação ao mesmo período do ano anterior. Dentre as frutas mais exportadas pelo Brasil em 2021 estão: mangas, melões, uvas, nozes e castanhas; limões e limas.

- Continua após o anúncio -

As exportações das frutas nacionais em 2021 tiveram como principais destinos a União Europeia (48%), os Estados Unidos (16%), o Reino Unido (14%), a Argentina (4%) e o Canadá (3%)

Paraná tem previsão de racionalização na nova safra do Trigo 1

O cenário de alta no preço dos insumos exige planejamento para reduzir os custos da lavoura de inverno, mas sem comprometer o potencial produtivo. Veja quais são as tendências para a próxima safra e as orientações para a melhor racionalização dos recursos que serão investidos na cultura do trigo. Nos últimos dois anos, a escalada de preços dos insumos acompanhou a cotação dos grãos no mercado internacional. No trigo, os principais custos de produção estão nos insumos (fertilizantes, defensivos e sementes) e operações na lavoura (combustível, tratos culturais, transporte). A maior alta foi nos fertilizantes, que subiram mais de 100% no último ano.

Paraná tem previsão de racionalização na nova safra do Trigo 2

Na estimativa de custos de produção do Deral/PR, na safra 2022 a lavoura de trigo deverá custar R$ 4.223,27/ha. Os insumos que mais impactaram no aumento foram fertilizantes, que compõem 27,25% dos custos variáveis, operações de máquinas e implementos que representam 10%, agrotóxicos com 8,48% e sementes com 7,37%.

Segundo o engenheiro agrônomo Carlos Hugo Godinho, do Deral/PR, considerando a cotação atual de R$ 88,00/sc de trigo, a produtividade precisa atingir os 48 sc/ha para empatar o desembolso, mas a média de produtividade no Paraná nos últimos cinco anos tem sido de 42 sc/ha. “Verificamos um aumento de 73% nos custos de produção de trigo no Paraná com relação à safra 2021”, explica Godinho. (Fonte: Embrapa).

Goiás registra focos de ferrugem asiática em amostras de soja

O laboratório de fitopatologia do Sindicato Rural do município de Rio Verde (GO) identificou foco de ferrugem asiática em amostras de soja da variedade R5.4 colhidas na região. Segundo a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), os produtores devem monitorar suas lavouras para detectar sinais da doença.

Em comunicado, a Faeg solicita aos agricultores que contribuam com a identificação de mais casos, levando folhas contaminadas para análise no laboratório que monitora o fungo. O serviço é disponibilizado gratuitamente para os produtores rurais de Rio Verde e região. (Fonte: Money Times).

Fale conosco:
Envie informações e sugestões para o e-mail: [email protected] ou pelo telefone: (049) 9 8802-4673

Cotações

Dólar: R$ 5,45

Saca da soja: R$ 166,25

Saca de milho: R$ 89,65

Arroba do boi: R$ 312,00

Litro do leite: R$ 1,79

ClicAgro tem o patrocínio:

Produce – Inovação colaborativa no campo (https://www.produce.agr.br/#/home)

Sicoob Maxicrédito, faça parte! (https://www.sicoob.com.br/web/sicoobmaxicredito)

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,171FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe