OUÇA AO VIVO

InícioClicAgroAgricultura inicia tratativas com municípios para operacionalizar linha de crédito especial para...

Agricultura inicia tratativas com municípios para operacionalizar linha de crédito especial para suinocultores

ClicAgro - O seu boletim diário com as notícias do campo

A medida é válida para produtores não integrados e enquadráveis no Pronaf ou no Pronamp. Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Os suinocultores catarinenses contarão com o apoio do Governo do Estado para minimizar os prejuízos causados pela alta nos custos de produção. A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural acaba de criar uma linha de crédito emergencial com R$ 10 milhões em recursos para subvencionar os juros de financiamentos dos produtores não integrados. O secretário Ricardo Miotto reuniu na última quarta-feira, 4, mais de 100 secretários municipais da Agricultura e técnicos da Epagri para tratar da operacionalização do Projeto Especial de Subvenção de Juros em apoio à Suinocultura Catarinense e dar celeridade ao repasse de recursos aos produtores.

“Tivemos um momento importante para definir a estratégia de operação do Projeto Especial de Subvenção de Juros em apoio à Suinocultura Catarinense em cada região. Esse é um trabalho bastante rápido que o Governo do Estado vem executando, com o apoio da Assembleia Legislativa, para que possamos dar uma resposta a essa crise que afeta a suinocultura independente há bastante tempo”, ressalta Ricardo Miotto.

Com o Projeto de Subvenção Emergencial para Suinocultura, os produtores poderão contratar financiamentos de até R$ 400 mil junto ao agente bancário para custeio pecuário e o Governo do Estado pagará os juros num limite de 5% ao ano. A medida é válida para produtores não integrados e enquadráveis no Pronaf ou no Pronamp.

- Continua após o anúncio -

O diretor de Cooperativismo e Desenvolvimento Rural da Secretaria da Agricultura, Leo Kroth, explica que o Projeto será executado em parceria com a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), prefeituras e Epagri, por isso a importância das reuniões de alinhamento. “Vamos definir claramente as regras de quem poderá se beneficiar dessa ação. Como os produtores estão em 120 municípios catarinenses, nós precisamos saber da realidade de cada local para nos planejarmos. As reuniões regionais servem para detalhar e especificar o projeto para que, então, os produtores possam se inscrever e receber o benefício”.

Como funcionará

Para participar do Projeto, os suinocultores deverão se inscrever na Secretaria Municipal de Agricultura. A priorização dos beneficiários será realizada com base na lista de inscrição e definida em conjunto pela Secretaria Municipal de Agricultura, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Epagri.

A formalização de participação no Projeto deverá ser realizada nos Escritórios Municipais da Epagri, que efetuará o Pré-enquadramento do produtor, no qual deverá constar o valor pretendido de financiamento.

É importante lembrar que cada propriedade rural terá direito à subvenção de juros para um projeto, independentemente do número de unidades de produção instaladas.

Suinocultura em Santa Catarina

Santa Catarina é o maior produtor e exportador de carne suína do Brasil, com acesso aos mercados mais competitivos do mundo. O estado conta com oito mil suinocultores, sendo que 15% trabalham de forma independente, ou seja, não participam do sistema de integração com as agroindústrias. (Fonte: MB Comunicação)

Cotações

Dólar: R$ 5,08

Saca da soja: R$ 182,50

Saca de milho: R$ 81,40

Arroba do boi: R$ 335,00

Litro do leite: R$ 2,01


ClicAgro tem o patrocínio:

Produce – Inovação colaborativa no campo (https://www.produce.agr.br/#/home)

Sicoob Maxicrédito, faça parte! (https://www.sicoob.com.br/web/sicoobmaxicredito)

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,139FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe