VÍDEO: Dono da Havan oferece recompensa de R$ 100 mil para prender autor de ataque a estátua

O incêndio foi no final de 2019


Foto: Reprodução

Informações: São Carlos Agora

O empresário, Luciano Hang, proprietário das Lojas Havan, oferece a recompensa de R$ 100 mil para quem tiver informações e pistas que levem ao autor do ataque, considerado por ele terrorista, à estátua da Liberdade, da Havan de São Carlos (SP), no final de 2019.

“Estamos em busca do responsável que causou o ataque terrorista, queimando nossa estátua da liberdade em São Carlos (SP). Você tem provas? Sabe quem foi? Entre em contato pelo telefone 0800 765 5571, forneça as informações e se a polícia constatar que é verídico, vamos pagar o valor de R$ 100 mil”, contou Hang.

Em um vídeo “a la faroeste”, o empresário disse que antigamente os xerifes ofereciam dinheiro para “pegar” os bandidos. “Sabemos que existe um ou mais culpados pelo crime, o laudo da polícia constatou que foi um incêndio criminoso. De antemão, quero agradecer a todos os órgãos policiais que estão empenhados em resolver esse crime. Não vamos nos calar diante deste ataque. Conto com vocês para solucionarmos esse caso”, afirmou.

INCÊNDIO

A estátua da Liberdade, monumento símbolo da loja de departamentos Havan, ficou destruída na manhã do dia 31 de dezembro, em São Carlos.

As chamas tiveram início por volta das 5h e demoraram 20 minutos para serem controladas por duas equipes do Corpo de Bombeiros. O trânsito na rodovia Washington Luís (SP-310), onde a loja está localizada, não ficou prejudicado.

Uma semana depois, a Polícia Civil concluiu que o ataque à estátua foi criminoso e, até o momento, ninguém foi preso.

Confira o vídeo: