Procon de Santa Catarina registra aumento de mais de 300% em atendimentos sobre compras online

Dado é correspondente até o dia 18 de maio

Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Santa Catarina registrou um aumento de mais de 300% em denúncias relacionadas a compras online durante os primeiros meses de 2020. Segundo o Governo catarinense, até o dia 18 de maio de 2020, foram mais de 12 mil reclamações – em que no mesmo período, em 2019, foram registrados pouco mais de 3 mil.

Conforme explica o diretor do Procon SC, Tiago Silva, os dados demonstram que os estabelecimentos não estavam prontos para a grande demanda de vendas, tanto de produtos quanto serviços online. O aumento da demanda de vendas está relacionado ao isolamento social, devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

“É preciso planejamento antes de sair vendendo sem ter a real capacidade de entrega. Agora, não dá para o consumidor ficar esperando pela boa vontade das empresas se adaptarem a este novo modelo de comércio para só depois realizarem a entrega das mercadorias e serviços. O Procon está aqui para defendê-los deste disparate”, afirma Silva.

Além de questões sobre demora e não entrega do produto, problemas com cobrança e mercadorias com defeitos, os consumidores reclamaram de serviço não fornecido, cancelamento da compra e entrega diferente do solicitado.