Parto hilário em SC: Pai desmaia e mãe ri da cena após nascimento do filho - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

Parto hilário em SC: Pai desmaia e mãe ri da cena após nascimento do filho

Mal estar do pai foi motivo de risos da mãe do pequeno Bernardo

*Revista Crescer

Cena hilária: mulher ri, enquanto o médico abana o pai, caído no chão. Foto: Bruna Costa

Uma cena hilária chamou atenção na quinta-feira (11). Durante o parto do filho Bernardo, em Balneário Camboriú (SC), o pai Duileu Edmilson Couto desmaiou e foi socorrido pelos médicos que atendiam a sua mulher, Mariana Reiser. A cena da mãe rindo e pai desmaiado após o parto foi registrado pela fotógrafa Bruna Costa.

Segundo Bruna, todos estavam nervosos porque o parto antecipou, mas após a cena foi difícil segurar o riso:

“Primeiro, a mãe que estava nervosa porque o parto era para semana que vem e antecipou. Aí, depois que o bebe nasceu, o pai viu e começou a ficar branco. Só deu tempo do anestesista pegar ele e colocar no chão para que ele não batesse a cabeça. O doutor ainda ficou abanando para ele voltar. Não tinha uma pessoa que não estivesse rindo dentro da sala”, conta a fotógrafa.

O pai do menino Bernardo, Duileu Edmilson Couto, de 32 anos contou que estava tudo bem e que ele “desmaia às vezes”:

“Eu desmaio às vezes, tenho medo de sangue. Mas estava tudo bem. Eu tinha almoçado e foi meio no susto, ela me ligou em seguida já dizendo que estava com dor. Eu estava no trabalho e já sai correndo”, disse o pai.


Mas logo me recuperei e deu tudo certo no final, diz o pai
Foto: Bruna Costa

“Bernardo nasceu com as vias aéreas meio obstruídas e eles começaram a fazer o procedimento pra desobstruir. Nesse momento, comecei a me sentir mal. O anestesista escutou eu falando que não estava bem e me segurou. Na hora eu já apaguei e acordei no chão com ele me abandonando e todo mundo rindo”, complementa Duileu.  

Além de Bernardo, o casal tem uma filha, Sophia, de 3 anos. Segundo a mãe, no parto da primogênita, o pai “se comportou muito bem”.

“Foi cesárea também. Mas desta vez foi um pouco diferente, pois como eu estava com contrações e sentindo muita dor, acho que mexeu com ele. O Bernardo também demorou muito pra chorar e nasceu bem roxinho. Quando eles começaram a passar aqueles caninhos nas vias aéreas do Bernardo, meu marido foi ficando mal. Eu vi e avisei que ele não estava bem”, fala Mariana.