OUÇA AO VIVO

InícioGERALMunicípio do Oeste decreta situação de emergência e define multa para desperdício...

Município do Oeste decreta situação de emergência e define multa para desperdício de água

Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Arquivo / Secom

Devido a forte estiagem que atinge o Oeste de Santa Catarina, nesta quarta-feira (04), o município de Iporã do Oeste declarou situação de emergência e definiu multa para o desperdício de água. 

Conforme informações divulgadas pelo município, o Decreto 206, de 04 de novembro de 2020 proibiu o uso da água tratada e distribuída pela Casan para fins de substituição de água de piscinas, limpezas de casas, fachadas, carros, muros, calçadas e afins, bem como a rega abusiva de plantas, jardins, canteiros e similares. 

No Decreto, o município ainda definiu multa de 50 Unidades Monetárias de Referência Fiscal (UMRF), cerca de R$ 160,00, para quem for flagrado por desperdiçar água em Iporã do Oeste.

- Continua após o anúncio -

Confira na íntegra o decreto

report


Segundo informações do portal Peperi, a Casan iniciou na terça-feira (03) o rodízio no abastecimento de água em Iporã do Oeste. A vazão dos mananciais onde é captada a água está somente 10% do normal. A lagoa principal está com somente 30% da capacidade e a lagoa auxiliar com 70% da capacidade.

Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,940FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe