Filho de imigrantes haitianos que nasceu em calçada ganha sessão de fotos - ClicRDC | Notícias de Chapecó e região

Filho de imigrantes haitianos que nasceu em calçada ganha sessão de fotos

Imigrante chegou a caminhar por 40 minutos em direção a um hospital, mas não chegou a tempo e deu à luz em via pública

(Foto: Nilza Rejane)

Informações G1

Com apenas 14 dias de vida, o pequeno Waldo ganhou um book. Sob os olhos atentos da mãe, enquanto dormia, ele era clicado em diversas poses pela fotógrafa Nilza Rejane, de 53 anos, em um estúdio de Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Filho de imigrantes haitianos, o bebê nasceu em uma calçada da capital gaúcha. A mãe, Judith Fleurissaint Baguidy, de 39 anos, chegou a caminhar por 40 minutos em direção a um hospital, mas não chegou a tempo e deu à luz em via pública.

Comovida com a história, a fotógrafa que trabalha há cinco anos fazendo ensaios “Newborn”, que consiste em reproduzir e registrar poses que são feitas no útero da mãe, não poupou esforços para encontrar a haitiana e fazer o convite.

“Eu estava no estúdio e casualmente vi a matéria na internet. Aí eu fiquei pensando comigo: ‘embora seja uma cena linda, daqui uns anos ele podia ter outra imagem do nascimento dele”, conta Nilza.

“Ela fala pouco português, ela só dizia assim: ‘muito obrigado’. E junto desse ‘muito obrigado’ tinha um sorriso enorme. Ela não precisou dizer mais nada”, descreve a fotógrafa.

(Foto: Nilza Rejane)


 Foto: Nilza Rejane Fotografia