OUÇA AO VIVO

InícioGERALCasan utiliza inteligência artificial para diminuir desperdício de água

Casan utiliza inteligência artificial para diminuir desperdício de água

Saiba mais

Os resultados do uso de tecnologia de Inteligência Artificial para o controle de perdas de água tratada em São Miguel do Oeste foram apresentados à diretoria da Companhia de Águas e Saneamento de Santa Catarina (Casan), nesta quarta-feira (22).

O programa de cooperação técnica entre a estatal e a empresa finlandesa Uros, especializada em aplicar Tecnologia da Informação e Internet das Coisas (IoT) a serviço de sistemas de abastecimento, possibilitou encontrar vazamentos não visíveis com maior precisão, menor custo e menor tempo que os modelos tradicionais de gestão de redes de água.

Desde maio de 2021, foram executadas as etapas de implantação do projeto, destacando-se o ajuste do parque de sensores de medição de vazão e pressão, o georreferenciamento e eliminação de inconsistências do cadastro técnico. O trabalho também permitiu a criação de um modelo matemático e a implantação efetiva do Sistema de Monitoramento e Análise dos dados, em tempo real, com uso de Inteligência Artificial.

Com a integração completa dos dados e a análise das mudanças nos parâmetros hidráulicos, o sistema disponibiliza resultados para os gestores e operadores, em tempo real, através da indicação nos mapas das redes de água.

Estes resultados, que indicam as prováveis áreas com vazamentos com precisão e confiabilidade, permitem eliminar vazamentos em poucas horas. Também diminuem sensivelmente os gastos e o trabalho para substituição dos materiais, pois menos de 30% da rede é trocada em relação a média tradicional para os vazamentos.

Considerando que a redução de perdas de água pelos métodos tradicionais requer significativos volumes de investimentos, a presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, ressalta que o uso dessa nova tecnologia traz a possibilidade da aplicação de novos parâmetros de gestão operacional, com uma aplicação de recursos financeiros mais eficiente.

Além da estatal, participam do programa em São Miguel do Oeste as empresas Uros Brasil, que representa a empresa finlandesa no país, e a Linedata, empresa brasileira de engenharia, especializada em projetos de eficiência energética e operacional.

Foto: Acervo Casan
- Continua após o anúncio -
Publicidade

Notícias relacionadas

SIGA O CLICRDC

123,931FansLike
45,000FollowersFollow
59,022FollowersFollow
6,620SubscribersSubscribe