Há um ano, Chapecó perdia uma das vozes mais conhecidas do rádio Chapecoense

Rafael Henzel faleceu no dia 26 de março de 2019, vítima de um infarto

Foto: Reprodução

Terça-feira, 26 de março de 2019, o dia que ficou marcado na história do rádio chapecoense. Aos 45 anos, Rafael Henzel, radialista e sobrevivente do acidente aéreo da Chapecoense, sofria um mal súbito enquanto jogava futebol com os amigos em Chapecó. Ele foi socorrido, mas faleceu no Hospital Regional do Oeste.

Rafael Henzel se tornou uma das vozes mais conhecidas dos jogos da Chapecoense durante a reconstrução do time.

Leia mais: O adeus a Rafael Henzel!

Escritor, Rafael Henzel transformou a sua história na obra “Viva como se estivesse de partida”. Dentro do livro, ele disse: “A gratidão é uma das maiores qualidades que se pode ter. Vemos pessoas que são atendidas em tantos lugares e não falam um obrigado, nem dão bom dia ou uma boa tarde. Acho que espalhar gratidão , agradecer por tudo o que nos acontece no dia a dia é espetacular. Como eu me sinto bem quando sou grato a alguém. O sentimento de gratidão é maravilhoso”.