OUÇA AO VIVO

Início Canal Mais Sports Dinastia Verde e Branca

Dinastia Verde e Branca

Confira a reportagem que fez parte do Jornal ClicRDC, edição especial sobre a classificação da Chapecoense para a Série A

|

Foto: Liamara Polli/ Equipe Mais

Por: Daniel Fasolin

A temporada 2020  da Chapecoense começou com tristeza e dúvida após o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2019. Um novo recomeço era necessário e o Catarinense seria um ótimo campeonato  para recuperar a confiança da instituição e também dos torcedores, afinal, nos últimos anos a Chapecoense construiu uma hegemonia no cenário estadual, porém não foi o começo que todos esperavam ou imaginavam

A Chape, em seu projeto para 2020, escolheu o treinador Hemerson Maria, velho conhecido no futebol catarinense e com passagens exitosas por Joinville e Figueirense. Com a chegada de algumas peças novas e figuras já conhecidas pelo torcedor verde e branco, o grupo de trabalho foi montado, porém a Chapecoense teve um de seus piores inícios no Campeonato Catarinense de sua história. 

Após maus resultados e uma campanha que deixava a Chapecoense fora da zona de classificação para a fase de mata-mata no Campeonato, Hemerson Maria foi demitido e Umberto Louzer foi o escolhido para assumir o comando do Verdão. 

A chegada de Umberto e sua comissão, aliada ao trabalho rápido da diretoria da Chape na contratação de novos jogadores, foi o divisor de águas no Catarinense e também no restante da temporada, que culminou com o acesso à Série A do Brasileirão.

Após a fase classificatória, o campeonato foi parlisado por conta da pandemia da Covid-19. Com lockdown imposto em Santa Catarina, as atividades esportivas foram suspensas e o retorno, após mais de quatro meses, também era cheio de incertezas. 

Apesar da onda de contaminação pelo vírus após o retorno às atividades, Umberto teve tempo para trabalhar a equipe e na fase final do Catarinão, a Chapecoense foi implacável. Eliminou Avaí, Cricíuma e chegou à final inédita contra o bom time do Brusque e apesar das dificuldades impostas pelo time do Vale do Itajaí a Chape sagrou-se campeã com duas vitórias convincentes nas partidas finais. 

O título de 2020 confirmou a “Dinastia Verde e Branca” em Santa Catarina, nos últimos cinco anos, o verdão do oeste chegou em cinco finais, conquistando três títulos. Um começo de ano cheio de dúvidas e desconfiança, mas que mostravam mais uma vez a resiliência da Chapecoense em meio às adversidades.  

122,945FansLike
41,652FollowersFollow
61,413FollowersFollow
3,090SubscribersSubscribe