Vítima de atropelamento em Chapecó está na UTI - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

Vítima de atropelamento em Chapecó está na UTI

Outra vítima com menor gravidade recebeu alta médica ainda na quinta-feira (22).

ClicRDC/Grupo Condá

Está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional do Oeste (HRO), a jovem Taís Wengenovicz, de 22 anos, que foi atropelada em uma calçada, no centro de Chapecó. O acidente ocorreu na tarde desta quinta-feira (22), no cruzamento entre a rua Barão do Rio Branco com a Avenida Getúlio Vargas.

A jovem estava sentada ao lado de outra mulher, de 21 anos, quando um veículo VW/Bora invadiu o passeio público. Taís foi socorrida com ferimentos graves. Segundo o boletim médico do HRO, divulgado nesta sexta-feira, ela sofreu laceração no rosto e escoriações pelo corpo. Além disso, ela teve Traumatismo cranioencefálico (TCE) e trauma na coluna cervical.

O quadro de saúde da jovem ainda é considerado grave, segundo o boletim. Ainda nesta quinta-feira, Taís passou por avaliação neurológica, exames de imagem e recebeu medicamentos. Ela também passou por cirurgia.

A outra vítima do atropelamento, sofreu ferimentos pelo corpo. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi conduzida ao HRO. Segundo o hospital, ela recebeu alta médica ainda na noite desta quinta-feira.

Doação de sangue

Pelas redes sociais, amigos de Taís realizam uma mobilização para doação de sangue à ela. Segundo o Hemosc de Chapecó, a jovem possui sangue AB positivo, ou seja, é receptora universal e recebe qualquer tipagem sanguínea. A unidade fica na rua São Leopoldo, 391 D – no bairro Esplanada, próximo ao HRO e, funciona até às 18h.

No momento, há baixo estoque de O negativo e O positivo.

Acidente e atropelamento 

Câmera de segurança/Divulgação

Dois veículos colidiram no cruzamento entre a rua Barão do Rio Branco com a Avenida Getúlio Vargas, por volta das 15h40.

Conforme o Tenente-Coronel da Polícia Militar, Ricardo Alves da Silva, um veículo VW/Bora de Chapecó, cruzou o sinal vermelho na Avenida Getúlio Vargas e foi colhido por um Chevrolet/Celta, que seguia pela rua Barão do Rio Branco.

O Celta bateu na traseira do Bora, que consequentemente, ficou sem controle e invadiu a calçada. As vítimas, de 21 e 22 anos, estavam sentadas em frente a um estabelecimento comercial. Elas foram arremessadas contra uma parede, em seguida foram socorridas.

A condutora do Bora, uma idosa de 73 anos e o outro motorista, não ficaram feridos. Segundo a PM, eles não apresentavam sinais de embriaguez ou de alteração psicomotora.

O caso foi registrado em um boletim de ocorrência feito pela Polícia Militar.

Câmera de segurança

Uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial flagrou o atropelamento. No momento do fato, as vítimas estavam sentadas ao redor de mesas sobre a calçada.

Pelas imagens, é possível contabilizar ao menos 11 pessoas no local. Quando o automóvel invade a calçada, as jovens que estavam juntas, são colhidas pelo carro e arremessadas contra a parede de uma lanchonete.

Dois rapazes que estavam sentados ao lado conseguiram sair ilesos.