Vanderlei fecha o gol, Vecchio marca e Chape segue sem somar pontos na Vila

Verdão teve boas chances de gol, mas parou na boa atuação do goleiro do Peixe. Chape estaciona nos 18 pontos e sábado enfrenta o Vitória, no Barradão, com dois desfalques

Defesa da Chape não conseguiu parar o argentino Vecchio (Ivan Storti/Santos)


A Chapecoense até tentou. Teve várias finalizações durante jogo. Em quatro delas, o goleiro Vanderlei conseguiu salvar o Santos com difíceis. E quando não era o arqueiro do Peixe, a trave salvava os donos da casa. 

Em uma noite fria na Vila Belmiro, Santos e Chapecoense e se enfrentaram pela 15ª rodada do Brasileirão. No primeiro tempo, o Verdão teve chances claras de gol com Seijas, Lucas Mineiro, Apodi e Diego Renan, mas não conseguiu colocar a bola para a rede. O Peixe conseguiu chegar somente quando o árbitro Elmo Rezende Cunha deixou de marcar uma falta em Apodi no setor ofensivo. No contra-ataque, Copete recebeu em posição irregular e cruzou para a grande área, onde Douglas Grolli furou. Sorte da Chape que Kayque não soube aproveitar o lance. 

Já na segunda etapa foi o Santos que tomou a iniciativa do jogo. Após as oportunidade de Matheus Ribeiro, Kayque, Lucas Lima e Thiago Ribeiro, o argentino Vecchio recebeu uma bola em profundidade, driblou o goleiro Jandrei, e quase sem ângulo chutou para marcar o gol santista. A Chape até tentou reagir. Eutrópio colocou em campo os atacantes Lourency, Túlio de Melo e Wellington Paulista. Porém, nem as boas cabeceadas por Túlio foram suficientes para furar o bloqueio de Vanderlei, que estava sendo observado de perto por Taffarel, preparador de goleiros da Seleção Brasileira. 

Com o resultado, a Chapecoense fica nos 18 pontos, três a mais que o São Paulo, 17º colocado. O Verdão volta aos gramados no próximo sábado (22), às 16h contra o Vitória, no Barradão. Para o duelo, o zagueiro Fabrício Bruno e o volante Lucas Mineiro serão os desfalques. Ambos receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão automática. Já o Santos, enfrenta no domingo (23), o Bahia, no Pacaembu, às 11h.