Irmã de Aécio é presa em Minas Gerais

Mandados de busca e apreensão acontecem em endereços ligados à Aécio Neves, na manhã desta quinta-feira (18).

Agentes da PF e do MPF foram ao apartamento de Andrea Neves em Copacabana, mas não a encontraram. Ela foi presa na Região Metropolitana de Belo Horizonte. (G1)


Além de afastar Aécio do Cargo de Senador, Fachin expediu um mandado de prisão contra a irmã e assessora de Aécio, Andréa Neves, que foi presa pela PF em Minas Gerais nesta manhã.

Segundo o portal G1, o acesso aos corredores dos gabinetes dos senadores Aécio Neves e do deputado Rodrigo Rocha Loutes (PMDB-PR) no Congresso Nacional foram bloqueados.

Os agentes da PF chegaram ao Congresso pela Chapelaria, o acesso principal às duas Casas legislativas. Eles carregavam malotes para apreender documentos e possíveis equipamentos eletrônicos.

Conforme informações da TV Globo, mandados de busca e apreensão são cumpridos também no Rio de Janeir nos apartamentos de Aécio e da irmã dele e o imóvel de Altair Alves Pinto, conhecido por ser braço direito de Cunha.

Fachin também expediu mandado de prisão contra o advogado Willer Tomaz, que é ligado a Eduardo Cunha.

Em São Paulo, buscas acontecem em um imóvel do coronel João Batista Lima Filho, que é amigo de Michel Temer.