Fachin pede afastamento de Aécio do mandato de senador

Aécio é investigado por pedir R$ 2 milhões à JBS para pagar pela sua defesa na Lava Jato.

A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu a prisão de Aécio Neves, mas o ministro Edson Fachin autorizou apenas o afastamento dele do Senado. O pedido de prisão será julgado pelo plenário do STF. (Divulgação)


Conforme informações do portal O Globo, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou o afastamento de Aécio Neves, presidente do PSDB Nacional, do cargo de senador.

Fachin optou por não decretar monocraticamente o pedido apresentado pela Procuradoria Geral da República (PGR) para prender o parlamentar tucano. Segundo a TV Globo, Fachin decidiu submeter ao plenário do Supremo o pedido de prisão de Aécio solicitado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Até às 10h desta  quinta-feira (18), o STF ainda não havia anunciado uma data para o julgamento do pedido de prisão. É possível que Fachin peça à Cármen Lúcia, presidente do STF, para julgar o pedido fora da pauta, devido à urgência urgência do pedido da PGR.