VÍDEO: Suspeito de assassinar Letícia é preso em Chapecó - ClicRDC | Notícias de Chapecó e do mundo

VÍDEO: Suspeito de assassinar Letícia é preso em Chapecó

Em entrevista ao ClicRDC o Delegado Rodrigo Moura, fala sobre a prisão e a investigação do caso.

Um homem suspeito da morte da adolescente Letícia de Quadros, de 16 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (20), em Chapecó. A informação foi divulgada pelo Delegado Rodrigo Moura, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI).  

Após tomar conhecimento dos fatos, a Polícia Civil (PC) iniciou uma investigação para identificar o autor do crime. Foram colhidos diversos elementos de prova, como testemunhas e dados da perícia realizada pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) no local dos fatos. O suspeito do crime foi identificado e em seguida expedido a sua prisão preventiva, representado pelo Delegado responsável.  

O suspeito de aproximadamente 20 anos, foi preso no local onde trabalhava, a cerca de 2 km de onde morava. No momento da prisão o homem não reagiu e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia (DP), onde foi ouvido. Em depoimento ele negou ser o autor do crime.

Conforme Rodrigo, o homem ficou desaparecido desde sábado (16), o dia do crime, e reapareceu apenas na segunda-feira (18), durante a noite. O suspeito, possuí diversas passagens pela Polícia.

Ainda conforme o Delegado, o laudo da morte ainda não ficou pronto, mas as informações que se tem é que Letícia foi morta com seis golpes de faca na região do peito e um corte grande na região do pescoço, consequentemente perdendo grande quantidade de sangue.  Não havia indícios de uma possível briga na casa.

O inquérito policial deve ser encerrado ainda nesta semana e o suspeito indiciado pelo crime de homicídio qualificado.  

O Delegado Rodrigo Moura, concedeu entrevista ao ClicRDC e conta mais detalhes da prisão do suspeito, assista: 

O CASO 

Letícia de Quadros foi encontrada morta no último sábado (16) dentro de casa, por volta das 15h19min no bairro Santo Antônio. Ela estava em cima da cama ferida com diversos golpes de faca e com um pano cobrindo o rosto. (relembre o caso)

O corpo foi encontrado pelo esposo da adolescente, um homem de 49 anos. Ele relatou para a PM que saiu cedo de casa para ir trabalhar e que seu filho, um homem de 20 anos, que é usuário de drogas, teria ido até a residência onde estava a vítima. Durante a tarde, quando voltou para casa encontrou o corpo.

HOMENAGENS A LETÍCIA


Foto: Willian Ricardo/ClicRDC


Na última terça-feira (19), uma caminhada silenciosa foi realizada  por alunos, professores e gestores da Escola Básica Municipal Severiano Rolim de Moura, onde Letícia estudava.  Após a caminhada, o grupo retornou até a escola e fixou os cartazes na cerca da instituição.A adolescente estudava há três anos na escola e atualmente cursava a 8ª série do ensino fundamental no período matutino. Letícia era conhecida como “A menina do abraço”, destacou a gestora da escola, em entrevista ao ClicRDC.  (relembre o caso)